Topo

Futebol


Festa completa: peruanos roubam a cena na entrada do Maracanã

18/06/2019 18h19

Empolgados como se estivessem em Lima, os torcedores peruanos chegaram cedo para vibrarem e promoveram uma arrepiante festa nos arredores do Maracanã, pouco antes de a bola rolar para o jogo entre Peru e Bolívia, pela segunda rodada do Grupo A da Copa América - o mesmo do Brasil.

A festa foi completa. Boa parte da torcida parou na rampa da UERJ, na saída do metrô mais próximo do estádio, e cantou as suas músicas tradicionais. Em seguida, houve queima de fogos, sinalizadores acesos, bateria a todo vapor e muitas lhamas infláveis para completar a diversão.

A presença de torcedores com a camisa de clubes do Rio foi considerável. A nossa reportagem também encontrou uma família peruana que fez questão de comprar camisas do Internacional, aqui no Brasil, com nome e número (9) de Paolo Guerrero nas costas.

Por falar em camisa do Inter, o jovem Felipe, de oito anos, estava acompanhado de sua mãe, Fernanda, e avisou que era flamenguista, mas simpatizava com o Colorado justamente por conta de Guerrero - o maior artilheiro do Peru e, de longe, o mais querido pela torcida blanquirroja. O garoto ainda arriscou um palpite: 3 a 0, com gols de Paolo, Cueva e Trauco.

Quanto a bolivianos, cabe destacar, a presença de grupos era bem menor. O jogo tem caráter decisivo por conta do tropeço de ambos na estreia do torneio.

Mais Futebol