Topo

Palmeiras tem time inteiro no elenco com mais de 100 partidas pelo clube

O goleiro Fernando Prass tem 271 jogos pelo Palmeiras - Cesar Greco/Ag. Palmeiras
O goleiro Fernando Prass tem 271 jogos pelo Palmeiras Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

27/05/2019 08h00

Fernando Prass; Jean, Thiago Santos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja. Este time nunca jogou juntos, mas é uma formação com grande representatividade no Palmeiras: são os 11 jogadores do elenco atual com mais de 100 partidas pelo clube.

Apesar de o Verdão ter chamado atenção nas últimas temporadas com seguidas contratações, mais de um terço do plantel (exatamente 34,375%), composto por 32 atletas, possui essa larga história na equipe. E em um grupo comandado por Luiz Felipe Scolari, que comandou o time por 467 jogos, sendo o segundo maior no quesito na história do clube - Oswaldo Brandão tem 585.

O Lance! resume abaixo a trajetória de cada um desses 11 jogadores:

FERNANDO PRASS

É o jogador com mais partidas e há mais tempo no clube do elenco atual. Fernando Prass virou um símbolo da história recente do Palmeiras que se reergueu nos últimos anos. Foi apresentado como reforço semanas após o rebaixamento do Brasileiro de 2012, ganhou a Série B do ano seguinte, teve desempenho fundamental para evitar nova queda em 2014 e está marcado como o herói do título da Copa do Brasil de 2015. Participou das duas últimas conquistas do Brasileiro e, atualmente, ocupa a reserva de Weverton. Renovou recentemente até dezembro e gostaria de atuar mais uma temporada.

Jogos: 271

No clube desde: 2013

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018), Copa do Brasil (2015) e Série B do Campeonato Brasileiro (2013)

Idade: 40 anos

Contrato até: 31/12/2019

EDU DRACENA

O zagueiro chegou liberado pelo Corinthians, sob o apelido de "múmia" por ter vestido muitas faixas de título na carreira, e ganhou dois Brasileiros pelo Palmeiras, mesmo sem ser titular absoluto em nenhum deles - mas fez seus dois gols exatamente na conquista de 2018. Sempre foi exaltado no clube por sua experiência e importância dentro do elenco. Renovou por uma temporada no fim do ano passado.

Jogos: 121

Gols: 2

No clube desde: 2016

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018)

Idade: 37 anos

Contrato até: 31/12/2019

VICTOR LUIS

Foi o último a entrar nesse seleto grupo com 100 ou mais partidas pelo clube. Mas é quem mais cedo começou a defender as cores alviverdes. Victor Luis chegou ao time do coração para atuar pelo sub-11. Ainda nas categorias de base, jogou na equipe B do Porto, em Portugal, não pôde jogar a Série B de 2013 por problemas na documentação e esteve na equipe que escapou do rebaixamento na última rodada do Brasileiro de 2014. Foi emprestado ao Ceará em 2015 e ao Botafogo em 2016 e 2017. Voltou no ano passado para ser peça importante na alternância de escalações de Felipão. Está tão valorizado que renovou seu contrato recentemente.

Jogos: 100

Gols: 3

No clube desde: 2014 (como profissional)

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018) e Copa do Brasil (2015)

Idade: 25 anos

Contrato até: 31/12/2022

FELIPE MELO

O volante chegou com potencial para ser ídolo, com discursos e estilo aguerrido dentro de campo que atraiu parte da torcida. E vem marcando seu nome na história do clube. Gerou polêmica em 2017, como em discurso falando em tapa na cara de uruguaio - e foi vítima de emboscada do Peñarol, em Montevidéu - e ao ser afastado por desentendimento com Cuca. Mas foi fundamental no título brasileiro de 2018 e vem mantendo o alto nível com menos cartões e confusões em 2019. Está nos planos do clube renovar o seu contrato, que acaba em dezembro.

Jogos: 112

Gols: 7

No clube desde: 2017

Título pelo clube: Campeonato Brasileiro (2018)

Idade: 35 anos

Contrato até: 31/12/2019

THIAGO SANTOS

Na metade de 2015, o volante chegou do América-MG para suprir uma carência deixada pela lesão de Gabriel, hoje no Corinthians, mas não podia jogar a Copa do Brasil vencida pelo time por ter atuado no torneio pelo ex-clube. Mas virou a aposta de força defensiva de Cuca no título brasileiro de 2016, manteve-se como peça importante no elenco, ganhou de Felipão o elogio de um dos melhores marcadores que o técnico viu e começou 2019 já renovando seu contrato. Mesmo reserva de Felipe Melo, é muito bem cotado.

Jogos: 160

Gols: 5

No clube desde: 2015

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018)

Idade: 29 anos

Contrato até: 31/12/2022

BRUNO HENRIQUE

O maior exemplo de volta por cima no elenco. Foi comprado do Palermo, da Itália, por cerca de R$ 13 milhões, mas carregando o passado de ter atuado pelo Corinthians. Pouco após chegar, perdeu pênalti na eliminação da Libertadores, nas oitavas de final, pelo Barcelo de Guayaquil, em 2017. Ganhou de vez a aprovação da torcida em 2018, a ponto de ter sido o capitão e um dos destaques no título brasileiro. Recebeu em janeiro uma proposta de R$ 1,7 milhão de salários na China, mas renovou com o Palmeiras.

Jogos: 107

Gols: 21

No clube desde: 2017

Título pelo clube: Campeonato Brasileiro (2018)

Idade: 29 anos

Contrato até: 31/12/2023

JEAN

Chegou do Fluminense no começo de 2016 com a marca de atuar como lateral-direito ou volante e ser acostumado a ganhar títulos. Cumpriu a expectativa exatamente dessa forma no Brasileiro, em seu primeiro ano. Depois, acabou sofrendo com problemas físicos, chegando a cogitar aposentadoria em 2018, mas terminou a temporada sendo um dos reservas mais frequentemente utilizados por Felipão na conquista do Brasileiro. Pouco tem atuado em 2019.

Jogos: 123

Gols: 12

No clube desde: 2016

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018)

Idade: 32 anos

Contrato até: 31/12/2020

MOISÉS

Custou pouco mais de R$ 4 milhões para chegar em 2016 e ser um dos grandes nomes na conquista do Brasileiro. Passou por sérias cirurgias tanto no começo de 2016 quanto em 2017, mas sempre foi exaltado pelos treinadores por preencher qualquer posição no meio-campo. No meio de 2018, recebeu sondagem para ir para o Egito e acabou renovando com o Palmeiras. Tem atuado como segundo volante em 2019, jogando com frequência, sendo titular ou saindo do banco.

Jogos: 131

Gols: 12

No clube desde: 2016

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018)

Idade: 30 anos

Contrato até: 31/12/2021

DUDU

O craque do time. Chegou em janeiro de 2015, como uma prova da nova fase do Palmeiras, que superou as concorrências de Corinthians e São Paulo para contratá-lo. Terminou o ano como herói da conquista da Copa do Brasil, com dois gols na final, sobre o Santos. Foi um dos destaques no título brasileiro de 2016 e terminou 2018 não só ganhando o principal torneio do país, mas ganhando os mais relevantes prêmios de craque da competição. Recebeu seguidas propostas do exterior, mas sempre acabou renovando, como ocorreu no começo deste ano. É o artilheiro do clube no século (58 gols) e quem tem mais jogos (109), gols (28), assistências (28) e vitórias (78) no Allianz Parque.

Jogos: 254

Gols: 58

No clube desde: 2015

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2016 e 2018) e Copa do Brasil (2015)

Idade: 27 anos

Contrato até: 31/12/2023

WILLIAN

Chegou do Cruzeiro em 2017 e ganhou espaço por sua disposição e qualidade técnica. Balançou as redes em todas as competições que disputou pelo clube e, em 2018, renovou contrato. Esforça-se tanto que lesionou o joelho direito ao dar o passe para Deyverson fazer, sobre o Vasco, o gol que garantiu o título brasileiro em 2018. Passou por operação e já está na fase final de recuperação para voltar a jogar no segundo semestre.

Jogos: 121

Gols: 34

No clube desde: 2017

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2018)

Idade: 32 anos

Contrato até: 31/12/2021

BORJA

Certamente, é o mais contestado desse seleto grupo. Desembarcou no clube sob o custo de mais de R$ 33 milhões, sendo o mais caro reforço da história do Palmeiras, mas deixou de ser unanimidade em pouco tempo, apesar de ter sido artilheiro do Paulista (primeiro estrangeiro a atingir essa marca) e da Libertadores em 2018, sendo quem mais fez gols (20) do elenco no ano passado. Mas perdeu espaço de vez em 2019, inclusive ficando fora da seleção colombiana. Quase foi vendido para o futebol chinês no começo do ano e, se chegar uma proposta de compra interessante, será liberado.

Jogos: 100

Gols: 33

No clube desde: 2017

Títulos pelo clube: Campeonato Brasileiro (2018)

Idade: 26 anos

Contrato até: 31/12/2021