PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ceará recebe o Paraná na Arena Castelão falando em respeito ao adversário

21/11/2018 16h36

Não há qualquer alternativa para o Ceará na próxima quinta-feira (22) recebendo em seus domínios o último colocado Paraná que não seja vencer. Afinal, conseguir os três pontos significa ficar bem mais perto de garantir sua permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Em 14° colocado com 39 pontos, o Vozão tem somente duas unidades à frente do América-MG, que está na zona de rebaixamento. Ou seja, não ganhar combinado a um resultado positivo dos mineiros, Chapecoense ou mesmo o Vitória já deixam esses clubes com o mesmo número de pontos do Alvinegro de Porangabuçu.

Até mesmo por isso, o zagueiro Valdo relatou essa semana que não há dúvida dentro do plantel que existe a necessidade de ter máxima atenção diante do time paranista:

- Temos que respeitar o Paraná, mas precisamos impor nosso ritmo em casa para buscarmos uma vitória. Precisamos vencer para continuarmos firmes nesta luta para garantir o Ceará na primeira divisão. É um jogo decisivo e que não podemos errar. Vamos lutar muito para conquistar os três pontos.

Por sua vez, o Tricolor de Curitiba, mesmo já com seu destino traçado para 2019, quer encerra de maneira digna o Brasileirão e vai contar com o retorno de quatro atletas normalmente titulares: O goleiro Richard, o volante Alex Santana, o meia Andrey e o atacante Silvinho, todos eles voltando de suspensão automática. Por questões físicas, o lateral-esquerdo Mansur e o meia Rodrigo Carioca serão baixas para Dado Cavalcanti na capital cearense.

FICHA TÉCNICA

?CEARÁ X PARANÁ

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

?Data-hora: 22/11/2018, 21 h (horário de Brasília)

?Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP)

?Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (FIFA-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF-SP)

CEARÁ: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Felipe Jonatan; Juninho, Edinho, Ricardinho; Leandro Carvalho, Arthur e Calyson. Técnico: Lisca.

PARANÁ: Richard; Wesley Dias, Jesiel, René Santos e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e Alesson; Juninho, Andrey e Rafael Grampola. Técnico: Dado Cavalcanti.

Esporte