PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Diego Souza diz que cobrou Everton para assistência em gol de clássico

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

21/05/2018 18h46

Ao deixar o CCT da Barra Funda em direção ao Morumbi nesse domingo, Diego Souza fez uma cobrança que pareceu uma premonição do que ocorreu em campo. O próprio camisa 9 conta que cobrou de Everton um cruzamento como ele costumava dar no Flamengo - e foi dos pés do meia-atacante que saiu a bola alçada para a cabeçada que definiu o 1 a 0 do São Paulo sobre o Santos.

"Espero que dê bastante certo. Eu brincava que o via no Flamengo dando toda hora o cruzamento que gosto. Quando entrei no ônibus ontem (domingo), já falei: estou contando com a sua assistência. Graças a Deus, deu certo. Espero que possa dar mais certo ainda para as próximas partidas", disse Diego Souza, vibrando por ter balançado as redes como prefere.

"Fiquei muito feliz com o gol. Foi um lance maravilhoso. Gosto de cabecear, e procuro aproveitar esta facilidade do Everton nos cruzamentos. Assim como ele, quero ajudar de todas as formas, seja com gols ou assistências, porque o importante é conquistar as vitórias", completou.

Apesar de ter sofrido para se encontrar em campo, Diego Souza sempre foi exaltado pelo seu bom humor com o elenco. Definitivamente apontado como centroavante no clube, principalmente pelo técnico Diego Aguirre, o camisa 9 diz que usa seu temperamento para garantir gols aos companheiros - é o artilheiro do time no ano, com seis gols em 21 partidas.

"Brinco com os meus companheiros que estou descansado e perto do gol para marcar, porque todos correm e se dedicam bastante para que a bola chegue ao ataque. Quando a gente marca em cima, com a defesa em cima do meio-campo, o Jucilei bem posicionado, não tem como não fazer gol. Faço movimentações curtas e intensas para aproveitar essa dedicação da equipe. Com a bola, terei a oportunidade de fazer o gol para ajudar", prometeu, sorrindo à toa no dia seguinte à vitória no clássico.

"Foi uma segunda-feira maravilhosa, porque vitória em clássico dá mais confiança. Era um jogo importante e, felizmente, pudemos trabalhar nesta manhã com a sensação do dever cumprido. Sem dúvida, é diferente. Espero comemorar assim sempre, ainda mais fazendo gol em estádio cheio. É uma sensação maravilhosa, nos deixa muito felizes."

Esporte