PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jailson impressiona argentinos que se acostumaram a enfrentar Marcos

27/04/2018 07h00

Os argentinos compararam muito as atuações dos goleiros Jailson e Rossi na vitória do Palmeiras sobre o Boca Juniors (ARG), quarta, na Bombonera. A sensação da torcida azul e amarela é de que o Verdão tinha um grande goleiro; eles, não. O camisa 22 fez defesas importantes para o inédito resultado em Buenos Aires e deixou seus adversários impressionados.

"A diferença da noite"; "olhe o goleiro do Palmeiras, claramente nos falta um de jerarquia"; "o arqueiro do Palmeiras, sim, é jogador para equipe grande" e "um monstro" foram alguns dos elogios feitos pela torcida do Boca nas redes sociais depois do jogo a Jailson.

Sua atuação foi potencializada pelo mau momento do arqueiro argentino, que já vinha recebendo críticas e saiu muito mal no segundo gol do Verdão, de Lucas Lima. Uma narração irritada de um locutor argentino, inclusive, viralizou na internet (veja abaixo).

Na saída do estádio, um jornalista argentino chegou a perguntar à reportagem se o Palmeiras tinha algum jogador convocado para a Seleção Brasileira e se surpreendeu ao saber que nem Jailson estava na lista de Tite, dada sua grande atuação na Bombonera. A defesa mais marcante aconteceu no segundo tempo, de mão trocada, em chute de Pavón, quando o jogo ainda estava 1 a 0.

Diante de uma torcida que acostumou-se a enfrentar Marcos em jogos decisivos, como a final de 2000 e a semi de 2001 na Libertadores, Jailson conseguiu dar a eles dores de cabeça assim como seu amigo e ídolo. Segundo ele, a última quarta-feira tornou-se especial.

- Foi uma grande noite. Sabíamos a pressão que iríamos enfrentar na La Bombonera, contra um time de muita tradição e qualidade. Mas mostramos a força do Palmeiras e agora é seguir trabalhando para evoluirmos cada vez mais - comemorou o goleiro.

Desde que estreou na Libertadores pelo Palmeiras, Jailson não perdeu. Ele debutou na partida de volta das oitavas de 2017, contra o Barcelona (ECU) - o Verdão ganhou por 1 a 0, mas caiu nos pênaltis. Neste ano, são três vitórias e um empate para ele na competição.

Esporte