PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após fase instável, Luan quer provar que pode marcar o nome no Verdão

17/11/2017 13h41

Luan chegou ao Palmeiras como um zagueiro promissor, mas depois de bons jogos, erros tiraram seu espaço no time titular. Só que as falhas também de Juninho deram uma nova oportunidade para ele, que fez seu primeiro gol pelo clube na quinta, contra o Sport. Agora, o camisa 13 quer provar seu valor.

- Vim de uma forma atípica, tive de operar (o pé). No início fiz jogos muito bons, depois dei uma oscilada como a equipe. Estava com muita vontade de dar a volta por cima, aproveitei bem os jogos contra Flamengo e Sport. Agora quero provar que posso marcar meu nome no Palmeiras - disse.

- Nunca tive dúvida de mim mesmo. Mas temos família, eles ficam com medo, ficam ligando, pensando o que não devem. Sempre dei tranquilidade, é difícil ver um jogador que foi regular a carreira toda. Sabia que podia dar a volta por cima, é cedo, ainda tenho muito para me consolidar e dar a volta por cima. É assim que você constrói uma carreira dentro de um clube - acrescentou.

Contratado por R$ 10 milhões, o zagueiro passou por duas cirurgias no pé direito - a primeira quando ainda estava no Vasco. Aos 24 anos, ele marcou pela primeira vez pelo Palmeiras nos 5 a 1 sobre o Sport, seu 19º jogo no clube. A comemoração foi dedicada a sua filha, Cecília, que nasceu há pouco mais de duas semanas.

- Foi difícil estar chegando motivado, querendo crescer e erros acontecem, não somos máquinas. Nunca queremos errar, erramos procurando o acerto. Foi um período difícil, tive todos os companheiros ao meu lado e minha família. Estou indo ver minha filha que tem 17 dias e volto no domingo, estou feliz, em paz comigo mesmo, tenho tudo para fazer uma boa pré-temporada para fazer um 2018 muito bom pelo Palmeiras - completou.

Esporte