PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gilson Kleina é apresentado com a missão de manter a Chape na Série A

19/10/2017 20h15

Após passar pelo comando de Vagner Mancini, Vinícius Eutrópio e do interino Emerson Cris nesta temporada, a Chapecoense analisou a situação do time e, com o objetivo de permanecer na Série A, optou por procurar, novamente, o técnico Gilson Kleina, com quem assinou contrato até 2018. Recém-chegado, o treinador foi apresentado pelo clube na tarde desta sexta-feira e já começou a traçar metas para garantir um bom aproveitamento no comando do time catarinense.

- Precisamos fazer com que tenhamos um momento de segurança e perspectiva. A partir do momento em que as coisas não acontecerem, eu vou poder contar com os profissionais que tenho aqui e vamos nos reunir para ver o que vai mudar na Chapecoense. Às vezes perde-se jogadores importantes que de repente precisa de um tempo maior para realizar uma reposição a altura. - disse, Kleina

A Chapecoense ocupa a 11ª colocação no Campeonato Brasileiro e Gilson Kleina falou, também, sobre o planejamento para a equipe, ainda em 2017. Se manter na elite do futebol brasileiro é prioridade:

- A palavra que eu coloquei para eles foi" convicção". Qual é a nossa convicção? Eu perguntei para eles. Qual é a nossa realidade hoje? Eu não posso chegar aqui e falar para o nosso torcedor que queremos ser campeões brasileiros com a pontuação que temos hoje. Nós temos que sair desse desconforto e tentar buscar um algo mais que a Sul-Americana, que está dentro do nosso alcance. - explicou o treinador.

Enquanto isso, a Chapecoense volta aos treinos nesta sexta-feira 10h. Será a primeira atividade comanda por Gilson Kleina, visando o duelo contra o Fluminense, às 17h do próximo domingo, na Arena Condá

Esporte