PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-Liverpool crê em ida de Coutinho ao Barça e compara com “caso Suárez”

Coutinho é cobiçado por gigantes da Europa - Jon Super/AP Photo
Coutinho é cobiçado por gigantes da Europa Imagem: Jon Super/AP Photo

26/01/2017 18h39

Atualmente trabalhando como comentarista do canal Sky Sports, Jamie Carragher é um dos ídolos recentes do Liverpool e, apesar do anúncio da renovação do contrato de Philippe Coutinho na última quarta-feira, acredita que o brasileiro ainda possa deixar o clube.

"Tivemos muitos jogadores no passado que assinaram grandes contratos e então saíram. Se Coutinho não estivesse feliz ele não teria renovado. Ouvi que não tem multa rescisória, o que novamente não significa nada", disse Carragher.

Coutinho aumentou seu vínculo com os Reds até 2022 e agora recebe cerca de 150 mil libras (R$ 2,5 milhões por mês) por semana. Além disso, o novo contrato não estipula uma multa rescisória, o que aumenta consideravelmente o valor de uma possível negociação.

"O Liverpool não é diferente de todos os clubes do mundo com a exceção de dois. Se Barcelona ou Real Madrid vier por um dos seus jogadores e pagar o que você quer, eles vão, pois 99% dos jogadores querem jogar por esses dois clubes. Se isso acontecer, quero dizer, se for algo inacreditável para o Liverpool, então você precisa agradecê-lo, como fizemos com Luis Suárez", completou relembrando o caso de Suárez, que renovou pouco antes de ser negociado com o Barcelona em 2014.

Esporte