Com gol de Marta, Seleção Brasileira feminina goleia Nicarágua em último amistoso do ano

Na noite desta quarta-feira, a Seleção Brasileira feminina fez seu último jogo do ano. Em amistoso disputado na Fonte Luminosa, em Araraquara, o Brasil venceu a Nicarágua, por 4 a 0, com gols de Gabi Nunes, Marta, Luana e Aline Milene.

Com o triunfo, o Brasil termina a última data Fifa de 2023 com resultados positivos. Na última quinta-feira, 30 de novembro, as brasileiras bateram o Japão por 4 a 3. Já no último domingo, na reedição do embate, perderam por 2 a 0. Assim, a Seleção feminina comandada por Arthur Elias fecha o ano com saldo de duas vitórias e uma derrota.

Desde que chegou no comando do Brasil, o treinador esteve à beira do gramado em cinco amistosos. Foram três vitórias e duas derrotas, com nove gols marcados e sete gols sofridos.

O jogo

Com novas mudanças em campo, o Brasil começou bem a partida. Marta iniciou a partida como titular, enquanto Camila, do Santos, substituiu Lelê no gol. A goleira Luciana e a zagueira Rafaelle ficaram de fora novamente após terem testado positivo para COVID-19.

O primeiro gol da Seleção feminina saiu aos 16 minutos. Bia Zaneratto entrou na grande área e cruzou na segunda trave para Eudimilla. A atacante da Ferroviária cabeceou na trave e a bola ficou com Gabi Nunes. A camisa 9 apenas deu um toque por cavadinha para superar a goleira adversária e abrir o placar na Fonte Luminosa.

O Brasil quase chegou ao segundo gol com Marta. A atacante recebeu na grande área, fez o giro para tirar a marcação e finalizou, mas bateu para fora. Já aos 32 minutos, a camisa 10 conduziu pelo meio e tocou para Bia Zaneratto. No entanto, a camisa 16 também chutou pela linha de fundo - o impedimento, porém, foi marcado em seguida.

E o gol da camisa 10 da Seleção feminina finalmente saiu. Aos 39 minutos, Kathellen cruzou na grande área e a goleira da Nicarágua saiu para dar um soco na bola. Marta ficou com a sobra e precisou apenas concluir para fazer o segundo gol do Brasil na partida.

Continua após a publicidade

O chute e o golaço. É a maior de todos os tempos. É nossa. É gol da Rainha em casa! Sempre um prazer te ver jogando aqui no Brasil, @martavieiras10! ???

?? 2×0 ?? | #GuerreirasDoBrasil #BRAxNIC

? Nayra Halm / Staff Images Woman / CBF pic.twitter.com/URdFmA8KS6

? Seleção Feminina de Futebol (@SelecaoFeminina) December 6, 2023

O segundo tempo começou com o Brasil em cima novamente. Bia Zaneratto fez o pivô e Marta ficou com a bola. A atacante achou linda enfiada para Aline Milene, mas a jogadora finalizou para fora ao ficar cara a cara com a goleira Gutiérrez. Com oito minutos, as brasileiras chegaram novamente: Zaneratto achou Gabi Nunes sozinha. A centroavante, porém, chutou em cima da arqueira rival.

Continua após a publicidade

E com 18 minutos, a Seleção ampliou novamente. Tamires cruzou na grande área e a zaga da Nicarágua afastou mal. A bola ficou com Luana na entrada da área. A camisa 5 acertou um lindo e forte chute para fazer o terceiro do Brasil no jogo.

Mas o Brasil não se deu por satisfeito e chegou ao quarto gol com Aline Milene. Após cruzamento, a goleira Gutiérrez saiu mal do gol e, na sobra, a jogadora do São Paulo pegou de primeira para marcar seu primeiro gol com a Amarelinha.

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes