Torcedores com camisas de clubes são barrados em amistoso da Seleção Brasileira feminina na Arena

Alguns torcedores relataram que foram barrados ao tentar entrar na Neo Química Arena, nesta quinta-feira, para acompanhar o amistoso da Seleção Brasileira feminina contra o Japão. O problema se limitou às pessoas que estavam vestindo camisas de clubes, algo considerado comum em partidas da Amarelinha.

Carol Albuquerque, torcedora do Corinthians que compareceu ao jogo, registrou no X (ex-Twitter) sua indignação com o ocorrido, relatando que seu afilhado teve que entrar nas dependências da Arena apenas de cueca, já que estava vestindo camisa e shorts do Timão.

"É assim que estão fazendo meu afilhado entrar na Neo Química Arena para o jogo da Seleção, porque ele vestia camiseta e shorts do Corinthians?! CBF, absurdo!", reclamou a torcedora, que publicou a foto do menino vestindo apenas cueca e tênis dentro do estádio.

Continua após a publicidade

Procurada, a entidade que cuida do futebol brasileiro se manifestou: "A decisão de proibir a entrada de torcedores com camisa de clubes não partiu da Confederação Brasileira de Futebol. Inclusive, a CBF defende a manifestação do torcedor com o uso da camisa de seu time. A própria imprensa é testemunha que em todos os jogos de seleções brasileiras os torcedores usam a camisa do seu time".

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar, que atuou no jogo, mas não obteve retorno até o momento. Assim que isso ocorrer, a matéria será atualizada.

O Brasil venceu a seleção japonesa por 4 a 3, com gols de Bia Zaneratto (2), Gabi Portilho e Priscila. As seleções voltam a se enfrentar em novo amistoso no domingo, dessa vez no Morumbi.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes