Marcos Felipe lamenta gol sofrido nos acréscimos, mas afirma que Bahia seguirá lutando contra o rebaixamento

Bahia foi derrotado pelo São Paulo por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, com um gol marcado por Caio Paulista nos acréscimos do segundo tempo. O resultado não foi nada bom para o Tricolor de Aço, que dependia de pelo menos um empate para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Após o confronto, o goleiro Marcos Felipe, que fez importantes defesas para tentar levar o jogo a uma igualdade, lamentou o tento sofrido já no fim do jogo. No entanto, o arqueiro destacou que, enquanto houver chances, o Bahia seguirá lutando para não cair.

"É difícil encontrar palavras neste momento. Nós trabalhamos, viemos de um triunfo sobre o Corinthians (por 5 a 1). Sabíamos da dificuldade da partida. Tentamos de todas as formas encontrar o gol e não achamos. Infelizmente fomos punidos com esse gol no final. É levantar a cabeça. Ainda faltam dois jogos e nossa equipe vai acreditar. Enquanto tiver 1% de chance (de ficar na Série A), nós vamos acreditar", afirmou o jogador em entrevista ao Premiere.

O revés para o Tricolor paulista deixou o Bahia em situação complicada na tabela do Brasileirão. A equipe comandada por Rogério Ceni abre a zona de rebaixamento, com 41 pontos conquistados após 36 partidas disputadas. Se tivesse vencido ou até empatado, o time baiano poderia ter jogado o Vasco para o Z4.

Para se salvar da Série B, o Bahia terá dois últimos compromissos pela competição nacional. Neste domingo, o clube encara o já rebaixado América-MG, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Raimundo Sampaio. Já na última rodada, o time de Salvador pega o Atlético-MG, na próxima quarta-feira (06/12), às 21h30, na Fonte Nova.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora