Renato Augusto fica? Augusto Melo não descarta contrato de produtividade

O meia Renato Augusto, do Corinthians, tem futuro indefinido. O camisa 8 tem contrato apenas até o final do ano e já externou que quer seguir no clube, mas ainda não foi procurado para renovar seu vínculo pela diretoria atual. Em contato com a reportagem da Gazeta Esportiva, Augusto Melo, novo presidente do Alvinegro, disse não descartar um contrato de produtividade para o atleta de 35 anos.

Porém, antes de tomar qualquer decisão, o mandatário do Corinthians quer entender melhor a situação do meia. Isso deve ocorrer no período de transição, que será conduzido por Duilio Monteiro Alves a partir desta segunda-feira.

"Por que não um contrato por produtividade? Quando o atleta tem uma certa idade, tem algumas dificuldades nos jogos, minutagem... Mas não costumo julgar nada sem conhecer. Por isso vamos ter essa transição e ver o que está acontecendo. Ele antecipou algumas lesões, voltou antes... Queremos dar essa estrutura para que a gente possa nos preparar e poder opinar. Só estando lá para entender tudo", disse Augusto.

Entre os oito jogadores com vínculos que se encerram ao final do ano, Renato é quem mais tem chances de seguir no clube. A conta não inclui Gustavo Silva, que tem pré-acordo de renovação contratual, e Paulinho, que por lei vai ter que seguir no Corinthians até se recuperar de sua lesão de ligamento no joelho.

Augusto Melo gosta do futebol de Renato e entende que ele é um dos melhores meias do país. Diferentemente de outros casos, o presidente enxerga no camisa 8 a capacidade de seguir ajudando a equipe, mesmo com os problemas recentes envolvendo lesões.

Na temporada atual, Renato Augusto possui 43 jogos (33 como titular) pelo Corinthians, com seis gols e nove assistências. O atleta é titular absoluto na equipe comandada por Mano Menezes e uma das referências no elenco vigente.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora