Austrália desiste de ser sede da Copa de 2034 e abre caminho para Arábia Saudita

Apesar de ter demonstrado interesse em sediar a Copa do Mundo de 2034, a Austrália não entrará na disputa para receber o torneio. Hoje (31), a federação de futebol do país emitiu um comunicado informando a decisão de desistir da concorrência pelo Mundial.

"Exploramos a oportunidade de nos candidatarmos para sediar a Copa do Mundo da Fifa e - tendo levado todos os fatores em consideração - chegamos à conclusão de não fazê-lo para a competição de 2034", escreveu.

Com isso, a Arábia Saudita se torna a única nação concorrendo para receber a competição. Por causa do rodízio entre continentes imposto pela Fifa, somente países da Ásia ou Oceania poderiam apresentar uma candidatura para a edição de 2034.

Tanto Austrália quanto Arábia Saudita demonstraram interesse em se tornarem sedes da Copa do Mundo no início de outubro. No entanto, o país do Oriente Médio despontou como favorito após receber o apoio de diversas federações, enquanto os australianos ainda procuravam uma forma de viabilizar a candidatura.

Europa, África e as Américas estão de fora da disputa por já estarem na fila para receber as próximas edições do Mundial. A Copa de 2026 será realizada nos Estados Unidos, México e Canadá. Já a de 2030 será organizada por Portugal, Espanha e Marrocos, com a abertura acontecendo no Uruguai, Argentina e Paraguai.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes