PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2022

Ceará vence Independiente e vai às oitavas da Sul-Americana invicto

Com a vitória, equipe de Dorival Júnior terminou a 1ª fase do torneio sul-americano com 18 pontos conquistados - Fotobairesarg/AGIF
Com a vitória, equipe de Dorival Júnior terminou a 1ª fase do torneio sul-americano com 18 pontos conquistados Imagem: Fotobairesarg/AGIF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

25/05/2022 23h26

Classificação e Jogos

O Ceará confirmou a vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana ao vencer o Independiente-ARG, por 2 a 0, no estádio de Avellaneda, pela última rodada da fase de grupos da competição.

Com a vitória, a equipe de Dorival Júnior terminou a 1ª fase do torneio sul-americano com 18 pontos conquistados e 100% de aproveitamento. Enquanto isso, o adversário ficou em 2º lugar, com 12, e está eliminado.

O Ceará volta a campo neste sábado para enfrentar o São Paulo, pela oitava rodada do Brasileirão, às 19h (de Brasília), no Morumbi.

1° tempo

O Independiente assustou o Ceará logo aos dois minutos em um chute de Benegas. Ele recebeu na área, com espaço, e finalizou por cima do gol da equipe brasileira. O Alvinegro respondeu em seguida, em jogada perigosa, mas Richard não alcançou a bola e Sosa chegou antes para fazer a defesa. O Ceará ficou perto de abrir o placar aos 12 minutos. Vina recebeu um cruzamento na área de Lima e mandou para fora.

Na reta final, Vina recebeu de Mendoza na área, mas não teve espaço para bater e mandou em cima de Sosa. Na sequência, João Ricardo salvou o Ceará defendendo uma cabeçada perigosa de Inssaurralde.

Insistindo e criando boas chances, o Vozão abriu o placar com Lindoso: Victor Luis cobrou falta, e a bola sobrou para o volante, que concluiu ao gol.

2° tempo

Na volta para a segunda etapa, o Ceará tinha a vantagem e tentou controlar a partida. A equipe brasileira criou algumas jogadas, mas sem levar muito perigo. Já o Independiente também tentou incomodar e também não acertou o alvo. Aos 26, Nino Paraíba saiu em bom contra-ataque e mandou para Vina, que chutou e viu a bola desviar na defesa e sair.

O duelo seguiu lá e cá, e o Ceará ampliou com Mendoza aos 45 em bom contra-ataque. O camisa 10 recebeu de Erick e acertou o alvo para fazer o segundo e dar números finais ao confronto.