PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2022

Briga paralisa jogo entre Peñarol e Colón e Daronco dá 30 min de acréscimo

Jogadores de Peñarol e Colón tentam acalmar torcedores em jogo pela Copa Libertadores - PABLO PORCIUNCULA / AFP
Jogadores de Peñarol e Colón tentam acalmar torcedores em jogo pela Copa Libertadores Imagem: PABLO PORCIUNCULA / AFP

Do UOL, em São Paulo

25/05/2022 23h29Atualizada em 25/05/2022 23h43

Classificação e Jogos

Uma briga entre torcedores de Peñarol (URU) e Colón (ARG), hoje, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, forçou a paralisação da partida, disputada no Campeón del Siglo, por 30 minutos. Os uruguaio venceram o jogo por 2 a 1.

No início do segundo tempo, com o confronto empatado em 1 a 1, o árbitro brasileiro Anderson Daronco foi obrigado a interromper o jogo por conta da confusão nas arquibancadas. As torcidas, separadas por uma grade, entraram em conflito.

Daronco - PABLO PORCIUNCULA / AFP - PABLO PORCIUNCULA / AFP
Árbitro Anderson Daronco conversa com policial durante jogo entre Peñarol e Colón pela Copa Libertadores
Imagem: PABLO PORCIUNCULA / AFP

Para tentar agilizar o reinício da partida, jogadores de ambas as equipes foram até a beira da arquibancada tentar minimizar o conflito. Já Daronco conversou com os policiais presentes no local. A partida, porém, só foi reiniciada depois que os torcedores do Peñarol foram retirados do local.

Por conta do episódio, o árbitro brasileiro foi obrigado a dar 30 minutos de acréscimo na partida válida pelo Grupo G da Libertadores.

O tempo de acréscimo claramente chamou a atenção dos torcedores nas redes sociais.