PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com futuro incerto no Santos, quarteto tem contrato reativado

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

02/12/2021 05h00

O Santos reativou os contratos do volante Guilherme Nunes e dos atacantes Allanzinho, Rodrigão e Tailson na última terça-feira.

O quarteto está de volta após empréstimos. O vínculo aparece automaticamente no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF em razão do fim da Série B do Campeonato Brasileiro.

Todos têm futuro incerto. Eles vivem a expectativa de reintegração no elenco profissional do Peixe, mas a chance é pequena.

Allanzinho (21 anos) - contrato até dezembro de 2024

O atacante foi reserva do Guarani, mas acabou utilizado com frequência e teve alguns bons minutos. O Bugre tentou até o fim, mas não subiu para a Série A.

Guilherme Nunes (23 anos) - contrato até abril de 2023

O meio-campista foi reserva no Náutico e mal jogou. O cenário foi semelhante ao Paraná, onde ele não teve chances. Na Portuguesa durante a A-2, ele foi bem. O Timbu não subiu para a Série A.

Rodrigão (28 anos) - contrato até maio de 2022

O centroavante foi titular da Ponte Preta na Série B, mas só fez cinco gols. A Macaca não subiu. Como o vínculo está perto do fim, o Santos tenta antecipar a saída do jogador.

Tailson (22 anos) contrato até julho de 2024

O atacante também foi reserva no Náutico e repetiu o cenário de insucesso no empréstimo ao Coritiba. Não reeditou as boas atuações de quando foi promovido por Jorge Sampaoli no Santos em 2019.

Futebol