PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carille espera ficar em 2022: "Vejo o Santos se ajeitando sem precisar de muito"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

01/12/2021 13h22

O técnico Fábio Carille espera continuar no Santos em 2022.

O treinador evitou conversar sobre o futuro no Peixe por causa da luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Agora, com o time na 11ª colocação, ele espera por uma definição do executivo de futebol Edu Dracena.

"Eu mesmo não quis conversar porque o momento era muito delicado. Não estamos livres matematicamente com 46 pontos, mas sabemos que é difícil cair. Temos alguns dias antes do Flamengo e depois terminamos com o Cuiabá. Não quis conversar sobre para me envolver apenas com 2021. Mas eu garanto: já foi um crescimento profissional e pessoal muito grande nesse meu segundo trabalho no Brasil", disse Carille, em entrevista ao Bandsports.

"Houve conversa, sim. Sei que ligaram para meu empresário. Tanto Edu Dracena quanto presidente. Mas eu evitei por causa do momento delicado do Santos. Acredito que agora dá para falar um pouquinho mais, apesar de não querer. Eu acho que é momento, está passando da hora. Faltam nove dias para o fim da temporada. Vamos ver o que vai acontecer. Eu e toda a comissão estamos muito felizes. Acredito que não haverá dificuldade e será fácil. Vejo o Santos se ajeitando na pré-temporada sem precisar de muitas coisas", completou.

O contrato de Fábio Carille está nas normas da CLT, sem multa rescisória ou prazo pré-estipulado. Verbalmente, porém, o acordo com o presidente Andres Rueda foi até dezembro de 2022.

Futebol