PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Léo Pereira comemora oportunidades no Flamengo com Renato Gaúcho

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

05/08/2021 20h30

O zagueiro Léo Pereira vive uma nova fase no Flamengo desde a chegada do técnico Renato gaúcho. Após longo período sem uma sequência de jogos com a equipe, ele comemora o bom momento e a confiança em alta.

Contratado junto ao Athletico-PR em 2020, a pedido de Jorge Jesus, Léo Pereira chegou ao Flamengo para ocupar a vaga de Pablo Marí, que se transferiu para o Arsenal-ING. No início, formou a dupla titular com Rodrigo Caio, mas passou a receber críticas após falhar seguidamente.

Com a saída do Mister, teve oportunidades no início do trabalho dos dois técnicos seguintes, Domènec Torrent e Rogério Ceni. Novamente não conseguiu corresponder e passou a ocupar uma lista de negociáveis.

"Eu vinha recebendo poucas oportunidades com o Rogério, e agora com a chegada do Renato, ele vem depositando uma confiança em mim e em todos os outros jogadores. E a gente tá dando o nosso melhor dentro de campo, tá dando conta do recado. Espero que a gente continue assim a temporada inteira, com títulos", afirmou Léo Pereira nesta quarta-feira.

Com o novo treinador, ao contrário de Ceni, Willian Arão deixou de atuar como zagueiro e voltou a ser volante. Assim, abriu-se uma vaga na zaga rubro-negra. Além disso, os constantes problemas físicos de Rodrigo Caio favoreceram o trio Gustavo Henrique, Léo Pereira e Bruno Viana.

"A gente sempre trabalhou muito firme, sempre trabalhou duro pra chegar dentro de campo e dar o nosso melhor e corresponder à altura. Alguns detalhes a gente tava pecando, mas com a chegada do Renato nós ajustamos e a confiança está muito alta. A gente tá mais leve, mais solto, e isso é visto dentro de campo", disse o camisa 4.

"Tô muito feliz de poder estar jogando novamente, tendo oportunidades de mostrar o meu valor. Mostrar o porque eu vim para o Flamengo. Então eu espero daqui pra frente ter mais utilidade", concluiu.

As atuações seguras de Léo Pereira podem até lhe render uma vaga de titular. Ele é o único zagueiro canhoto entre as quatro primeiras opções do elenco, e se encaixa bem com Rodrigo Caio, que prefere atuar pelo lado direito.

Futebol