PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jorge exalta estrutura do Palmeiras e fala sobre lesão: "Espero voltar o mais rápido possível"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/07/2021 20h14

Recém-contratado pelo Palmeiras, o lateral-esquerdo Jorge teve o seu primeiro dia de trabalho na Academia do Futebol nesta terça-feira. O jogador realizou exames e testes físicos com o Núcleo de Saúde e Performance durante a tarde.

Ansioso para estrear com a camisa alviverde, o defensor de 25 anos elogiou a estrutura do Verdão e agradeceu a boa recepção dos jogadores e funcionários do clube.

"Só tenho a agradecer a forma com que me receberam, não só os jogadores, mas todo o staff, a diretoria. Com o tempo, vou pegando intimidade, me entrosando mais. A estrutura eu já esperava, todos falavam muito bem. Não é à toa que briga sempre por títulos, todos os anos chegando em finais. Me sinto honrado de estar em um grande clube como o Palmeiras. Sei da pressão. Venho para somar, ajudar a todos com humildade, pés no chão e paciência para esperar o momento certo de jogar. Vou dar meu melhor e espero dar alegria aos torcedores", afirmou à TV Palmeiras.

Jorge foi revelado pelo Flamengo, em 2014, e não demorou para se destacar. Depois de três anos defendendo as cores do Rubro-Negro, se transferiu para a Europa, onde ficou até 2019, quando voltou ao Brasil para jogar no Santos. Um ano depois, retornou ao Monaco-FRA e, logo na sequência, teve uma rápida passagem pelo Basel, da Suíça.

"Quando surgiu a oportunidade de vir ao Palmeiras, não pensei duas vezes. É sempre bom chegar em um momento como esse, com o clube conquistando títulos, em primeiro no Brasileiro, que é uma competição muito difícil. Todo jogador gosta de estar em um clube que está sempre no topo. Espero treinar com o grupo o mais rapidamente possível e poder ajudar. Pelo que vi dos jogos, a equipe está muito entrosada, muito forte", disse.

Em sua passagem pelo clube suíço, o lateral sofreu uma lesão no joelho esquerdo. Atualmente, ele está em fase final de recuperação e espera estar o mais breve possível à disposição do técnico Abel Ferreira.

"Operei em dezembro, há sete meses. Com quatro meses de recuperação, já fui para campo fazer trabalhos com bola, não esperava que fosse tão rápido. Hoje me sinto bem, mais confiante. Com a fisiologia e todo o staff médico do Palmeiras, vou evoluir mais rápido ainda. Já pude iniciar o trabalho hoje, espero evoluir bastante nessa reta final e voltar o mais rápido possível para ajudar o Palmeiras. Vou me esforçar ao máximo", finalizou.

Futebol