Santos teme violência e terá 'segurança de clássico' em eleições na Vila

O Santos terá um grande esquema de segurança para as eleições de amanhã, na Vila Belmiro.

O que aconteceu

O Santos, preocupado com os protestos após o rebaixamento à Série B, organiza um "esquema de clássico" para este sábado.

Haverá delegacia móvel, polícia militar, polícia civil e aporte de todo o time de seguranças do Peixe.

Quem for votar na Vila será revistado como em jogo. A estrutura para as eleições será basicamente a mesma de um clássico no estádio.

A preocupação aumentou depois que torcedores organizados invadiram a Vila atrás do presidente Andres Rueda, que está em casa e não tem dado expediente.

Na quarta, dia da derrota para o Fortaleza, oito veículos foram incendiados nos arredores após conflito entre organizadas e polícia. Os jogadores conseguiram sair ilesos.

A eleição ocorrerá das 10h às 17h, na Vila Belmiro. 8.940 sócios estão aptos para o voto presencial e 7.662 se inscreveram para votar online.

Os candidatos são Marcelo Teixeira, Mauricio Maruca, Ricardo Agostinho, Rodrigo Marino e Wladimir Mattos. Rueda não tenta a reeleição.

Continua após a publicidade