Saiba quem é interventor nomeado pela Justiça para comandar CBF por 30 dias

José Perdiz de Jesus foi nomeado pela Justiça do Rio de Janeiro como interventor na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após o tribunal anular a eleição de Ednaldo Rodrigues.

Filho de José de Jesus Filho, que foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e morreu no fim de 2021, Perdiz é advogado há mais de 20 anos, com atuação especialmente no Distrito Federal e na Bahia. Entre 2013 e 2021, inclusive, foi presidente das Comissões Eleitorais da OAB do Distrito Federal.

Ele assumiu a presidência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em maio deste ano, por indicação de clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, sendo eleito por aclamação.

Ednaldo Rodrigues esteve na cerimônia de posse, ao lado do governador Ibaneis Rocha (MDB-DF), do deputado federal Eduardo Bandeira de Mello (PSB-RJ), e da ex-ministra do Esporte Ana Moser.

Na ocasião, Jesus prometeu cumprir seu mandato de 4 anos "de maneira transparente, honesta e ética". Ele acrescentou que o tribunal "está plenamente preparado para enfrentar todos os problemas que desafiam a instituição futebol neste momento".

O advogado é membro do STJD desde 2012. Quatro anos depois, foi indicado para compor o Pleno do órgão.

Ele cursou Direito na Universidade Federal de Goiás (UFG) e é especialista em Direito Civil. Também possui cursos em outras áreas jurídicas, como Direito da Família, Processo Civil, Direito Penal, Procedimentos Especiais e Administração Pública.

Jesus será o comandante interino da CBF por um período de 30 dias, por decisão publicada nesta quinta-feira (7), pela 21ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora