Corinthians admite possibilidade de perder Cássio; Grêmio monitora

O Corinthians admite a possibilidade de negociar o goleiro Cássio. O Grêmio monitora.

O que aconteceu

O Corinthians quer reformular o elenco para 2024 e não descarta negociar o capitão Cássio em caso de boa proposta. O contrato vai até o fim de 2024.

O presidente Augusto Melo e o técnico Mano Menezes gostariam de ter Cássio como opção. A dupla, contudo, entende que o jogador de 36 anos estuda a possibilidade de viver novos ares depois de uma temporada difícil.

Não há "desespero" pela possível saída de Cássio por causa da presença de Carlos Miguel, de 25 anos. O goleiro reserva é considerado pronto por quem vive o dia a dia do clube. Ivan volta de empréstimo do Vasco.

O Grêmio, clube que revelou Cássio, monitora a situação. Ele é o nome preferido do técnico Renato Gaúcho, que ainda não cravou sua própria renovação.

No último sábado, já ciente do interesse do Grêmio, Cássio disse que não sabe se continua. A declaração causou estranheza no Corinthians e alertou a diretoria para a movimentação do goleiro pela possível transferência.

Essa definição deve ocorrer nas próximas semanas. Augusto Melo pretende conversar com Cássio e seus representantes para saber o que o ídolo pretende de fato para 2024. Se o presidente sentir que Cássio está interessado, pode até ocorrer a renovação do contrato.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes