Joana Sanz descarta divórcio com Daniel Alves: 'O amor existe'

A modelo Joana Sanz expôs detalhes de sua relação atual com Daniel Alves e revelou como está o processo de divórcio com o ex-jogador. Ela foi entrevistada hoje (24) pelo programa "De Viernes", no canal de TV espanhol Telecinco.

O que aconteceu

Joana Sanz e Daniel Alves tomaram a decisão de não se divorciarem, pelo menos por enquanto. A modelo espanhola de 31 anos solicitou o divórcio em março deste ano, mas o processo foi interrompido.

Ela explicou que o amor entre eles ainda existe, independente de estarem casados ou não, mas enfatizou que a decisão sobre o futuro do relacionamento será tomada com o tempo.

Em meio ao distanciamento, Joana revelou que mantêm contato com Dani Alves e destacou que estão apoiando um ao outro neste momento.

Não vamos nos divorciar neste momento. Na situação que está, continuaremos casados por ora. Ele me disse para fazer o que eu quisesse, mas que não queria o divórcio, e depois eu falei 'bom, vamos seguir assim'". Antes disso, não havia acontecido nada que me fizesse criar rejeição a ele. Só o futuro dirá. (...) O amor existe independentemente de sermos casados ou não. É a minha família.
Joana Sanz

O que mais ela disse

Contato: "Continuamos conversando ao telefone como se nada estivesse acontecendo, nos apoiamos mutualmente da maneira que podemos.O amor existe independentemente de sermos casados ou não. É a minha família. Vou seguir gostando e o tempo dirá."

Casamento: "Meu casamento foi absolutamente maravilhoso e não tenho nada de ruim a dizer sobre isso. Não sabia onde estava a culpa de ele ter sido infiel comigo."

Possível condenação de Dani: "Eu não sei, não saberia (o que fazer), só o destino dirá. Prefiro não entrar nessas questões judiciais."

Continua após a publicidade

Teve outra traição antes? "Não, pelo contrário. As pessoas que trabalham na noite, que o conhecem há muitos anos, me dizem que ele é uma pessoa séria, que quando bebe (álcool), também começa a beber água e fica tudo bem. Você sabe que ele não é uma pessoa que fica bêbada, o que ele acabou fazendo. Todos ficaram surpresos, até pessoas que não gostam de mim me disseram isso."

Caso Daniel Alves

Daniel Alves foi acusado de ter estuprado uma mulher de 23 anos na boate Sutton, em Barcelona, no dia 30 dezembro do ano passado.

O ex-jogador está preso em Barcelona desde o dia 20 de janeiro de 2023 e aguarda julgamento.

O jogador já prestou dois depoimentos à Justiça espanhola, aos quais o UOL teve acesso. Nesta semana, o Ministério Público da Espanha pediu a condenação de Dani a nove anos de prisão por violência sexual.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes