Apresentado no Ceará, Barletta explica passagem curta pelo Corinthians

Chrystian Barletta foi apresentado hoje em seu terceiro clube nesta temporada, o Ceará.

O que aconteceu

Barletta deixou o Corinthians após quatro meses e cinco jogos disputados. O atacante foi vendido ao Ceará em julho, e falou à imprensa como atleta do Vozão pela primeira vez hoje.

Claro que quando a gente faz um contrato longo a gente pensa em estabilidade. Eu queria ficar bastante tempo por lá, seguir a carreira, ir para fora. Mas as coisas de Deus são maiores. Não aconteceu lá por algum motivo. Quem sabe para eu vir para cá, que aqui eu possa fazer vários jogos. Foi uma questão de escolha, de treinador, trocou muito de treinador lá, não consegui ter uma sequência. Você sabe que clube grande é assim: ou você vai e rende ou você fica para escanteio Chrystian Barletta

O jogador mencionou que Vanderlei Luxemburgo não quis lhe dar oportunidades. O atacante fez duas partidas sob o comando do atual técnico do Corinthians, ambas saindo do banco de reservas.

Não tiveram tanta paciência. Nos primeiros jogos que eu fiz, não entrei bem. Mas depois senti uma evolução em mim, só que depois não tive mais oportunidade. Também respeito isso, vai de cada treinador. A decisão vir para cá por causa disso, tenho que estar jogando, performando, tenho que estar no mercado. Não dá para ficar parado muito tempo, a gente sabe que isso aqui é trabalho, quem não é visto não é lembrado. Quis vir para cá para ter oportunidade de jogar, o Guto me ligou, fiquei muito feliz. O que aconteceu lá foi que não tive oportunidade, o Luxemburgo não quis me usar Chrystian Barletta

Barletta visa encontrar na Série B o ritmo que mostrou no Campeonato Paulista. O jogador chamou a atenção do Corinthians após disputar estadual pelo São Bernardo, onde marcou quatro gols e deu uma assistência em 13 partidas como titular.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes