City supera susto e vence Yokohama Marinos de virada e com gols de Haaland

O Manchester City passou por um susto, mas venceu o Yokohama Marinos, do Japão, por 5 a 3, em amistoso disputado hoje (23), no National Stadium.

O Yokohama chegou a abrir 2 a 0, mas o City conseguiu deixar tudo igual ainda no primeiro tempo e virou o duelo na etapa final.

Stones, Álvarez, Haaland [duas vezes] e Rodri fizeram os gols do time inglês. Anderson Lopes, Matsubara e Inoue marcaram pelos japoneses.

O Manchester City atuou um tempo com cada equipe. Ambos os plantéis mandados a campo por Guardiola foram mesclados com jogadores habitualmente titulares e reservas.

Único reforço do City até agora para a temporada 2023/24, Mateo Kovacic foi titular.

O Manchester City volta a campo na próxima quarta-feira (26), quando enfrenta o Bayer de Munique em mais um amistoso no Japão. O duelo terá início às 7h30 (de Brasília).

Como foi o jogo

O primeiro tempo foi de muitas emoções em Tóquio. Como é habitual em seus jogos, o Manchester City — mesmo com time misto — controlou mais a bola, trocou passes no campo de ataque, mas encontrou algumas dificuldades para finalizar suas jogadas.

O Yokohama Marinos, por outro lado, foi letal quando chegou. Aos 27 minutos, o brasileiro Anderson Lopes aproveitou rebote do próprio chute e finalizou cruzado para abrir o placar. Na comemoração, ele se sentou no gramado e 'imitou' Haaland. 10 minutos mais tarde, Matsubara recebeu passe de Nagato e mandou no canto direito de Ortega, ampliando a vantagem.

Continua após a publicidade

O 2 a 0 no placar parece ter acordado o ataque do Manchester City, que não precisou forçar muito para empatar. Aos 40, Stones recebeu bola ajeitada por Álvarez e mandou no ângulo esquerdo do gol adversário. Três minutos depois, o goleiro Ichimori errou na saída de bola e ela se ofereceu para Julián Álvarez empurrar para a rede.

Guardiola colocou a maioria de seus titulares na volta para o segundo tempo. As substituições logo resultaram em mudança no placar e no cenário da partida.

Haaland precisou de seis minutos para receber na entrada da área e finalizar cruzado para virar o jogo. Em vantagem, o City passou a trabalhar mais as jogadas e deixar a bola longe dos pés do Yokohama Marinos.

Com o jogo controlado e sem levar mais sustos do adversário, o City ampliou sua vantagem com Rodri, em chute de fora da área e relaxou no duelo.

Inoue, nos minutos finais, aproveitou falha de comunicação entre Lewis e Ortega para driblar o goleiro e fazer o terceiro do Marinos. Apesar da 'pressão' do time japonês, quem fez o gol que fechou o placar foi o Manchester City, com Haaland, que só teve que completar cruzamento rasteiro de Cancelo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes