Topo

Santos vence Vasco em São Januário com novo gol de joia de 17 anos

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/05/2023 18h01

Classificação e Jogos

O Santos conquistou uma importante vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em pleno São Januário, graças ao talento novamente de Deivid Washington, atacante de apenas 17 anos que voltou a marcar num jogo onde o Peixe pouco atacou, mas aproveitou sua oportunidade.

O gol do jovem aconteceu aos 28 minutos do primeiro tempo, numa partida onde o Vasco teve superioridade em boa parte da partida.

Homenagens a Pelé e Dinamite - Vasco e Santos realizaram ações em conjunto para homenagear seus maiores ídolos, Roberto Dinamite e Pelé, respectivamente. Além de postagens nas redes sociais, também atuaram com um patch em suas camisas com os rostos dos dois craques.

Barbieri xingado - O técnico Maurício Barbieri foi fortemente xingado pela torcida do Vasco na saída para o intervalo em São Januário. No segundo tempo, foi chamado de "burro" ao sacar o atacante Figueiredo e colocar o volante Rodrigo, e voltou a ser xingado no fim da partida.

Organizadas do Vasco protestam antes do jogo - A Associação das Torcidas Organizadas do Vasco (Astovas) emitiu uma nota oficial antes do jogo protestando contra a gestora da SAF do clube, a 777 Partners, cobrando que a empresa norte-americana "cumpra as promessas".

O Vasco volta a campo no próximo sábado (20), onde visita o São Paulo, no Morumbi (SP), pelo Campeonato Brasileiro.

Já o Santos vira a chave para a Copa do Brasil, onde na próxima quarta-feira (17) recebe o Bahia, na Vila Belmiro (SP).

Vasco domina, mas pouco ameaça

O Vasco teve amplo domínio e muita posse de bola em São Januário, mas não conseguiu ser tão perigoso ofensivamente. O Cruzmaltino encontrava dificuldades na criação e o centroavante Pedro Raul ficava muito isolado.

Já o Santos não escondeu, desde o primeiro minuto, que sua proposta era se defender e explorar os contra-ataques. Desta maneira acabou sendo letal, quando fez boa trama e se aproveitou da falha de marcação da zaga vascaína e do talento do jovem atacante Deivid Washington, que mostrou categoria em seu gol.

No fim do jogo, o Vasco partiu para o abafa, mas o técnico Mauricio Barbieri fez uma alteração um tanto quanto incompreensível, sacando o atacante Figueiredo e colocando o volante marcador Rodrigo, algo que gerou reação imediata da torcida e gritos de "burro".

Gols e destaques

Bola venenosa - Logo aos 2 minutos do primeiro tempo, o Vasco chegou com perigo quando Gabriel Pec cruzou uma bola venenosa para a área, onde ninguém encostou e quase pegou o goleiro João Paulo desprevenido. Ele conseguiu espalmar.

Messias salva! - Aos 19, Pec evita a saída de bola e cruza. A bola passa por João Paulo e tinha a cabeça de Pedro Raul como direção, mas Messias conseguiu salvar e cortar.

0 x 1 - Lucas Lima e Lucas Braga fazem boa trama em cima de Puma Rodríguez e a bola chega no jovem Deivid Washington, que domina e chuta com categoria no canto esquerdo de Léo Jardim, fazendo o 1 a 0 para o Santos.

Boa defesa de João Paulo - Puma tentou se redimir logo após o gol, fez boa jogada na intermediária e chutou no canto esquerdo de João Paulo, que fez boa defesa para o Santos.

Pedro Raul assusta - Logo com 1 minuto do segundo tempo, o Vasco chegou com perigo quando Lucas Piton cruzou da esquerda e Pedro Raul testou forte, para boa defesa de João Paulo.

João Paulo salva de novo! - Aos 18, o goleiro João Paulo operou um milagre em cabeçada do vascaíno Alex Teixeira.

Messias salva em cima da linha! - O Vasco passou a chegar no abafa e, após cruzamento de Lucas Piton, o zagueiro Messias, que fez grande partida, salvou em cima da linha mais uma vez.

Quase João Paulo aceita - Já nos acréscimos, o atacante vascaíno Orellano arriscou de fora da área numa bola venenosa, ela quicou no gramado e quase enganou o goleiro João Paulo, que defendeu de maneira estranha, colocando para escanteio.

VASCO 0 X 1 SANTOS

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 16h
Competição: Campeonato Brasileiro (6ª rodada)
Árbitro: Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE)
Auxiliares: Luanderson Lima dos Santos (FIFA-BA) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
VAR: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Erick Marcus, Puma Rodríguez, Robson, Leo (VAS); Nathan, Odair Hellmann (SAN)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Deivid Washington, aos 28 minutos do primeiro tempo (SAN)

Vasco: Léo Jardim, Puma Rodríguez, Robson, Léo e Lucas Piton; Barros (Erick Marcus), Galarza (Alex Teixeira) e Jair; Figueiredo (Rodrigo), Gabriel Pec (Orellano) e Pedro Raul. Técnico: Mauricio Barbieri.

Santos: João Paulo, Nathan, Messias, Joaquim e G. Inocêncio; R. Fernández, Dodi e Lucas Lima (Lucas Barbosa); Ângelo (Daniel Ruíz), Deivid Washington e Lucas Braga. Técnico: Odair Hellmann.