PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2022

Heroico: Inter sai atrás, mas goleia o Colo-Colo e avança na Sul-Americana

Edenilson, do Inter, comemora gol marcado contra o Colo-Colo pela Sul-Americana - Maxi Franzoi/AGIF
Edenilson, do Inter, comemora gol marcado contra o Colo-Colo pela Sul-Americana Imagem: Maxi Franzoi/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

05/07/2022 23h25

Classificação e Jogos

O Internacional está nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Hoje (5), o time gaúcho saiu atrás, mas virou contra o Colo-Colo e fez a diferença necessária para seguir na competição (tinha perdido o jogo de ida por 2 a 0). O placar por 4 a 1 foi heroico, conquistado com o Beira-Rio cheio e muito apoio da torcida. Os gols foram de Edenilson, Pedro Henrique, Alan Patrick e Alemão. Costa fez para o time chileno.

O adversário nas quartas será conhecido amanhã (6) e sairá do confronto entre Melgar, do Peru, e Deportivo Cali, da Colômbia. O primeiro jogo terminou 0 a 0. O Inter não conseguia reverter uma desvantagem de dois gols em competições continentais desde 2010, tornando o feito ainda mais importante ao quebrar um jejum de 12 anos.

O próximo jogo do Inter será na segunda-feira (11), contra o América-MG, pelo Brasileirão. O Colo-Colo volta a campo no domingo (10) para enfrentar o La Serena, pelo Campeonato Chileno.

Foi bem: Edenilson faz gol e dá assistência

Edenilson marcou o gol da virada do Inter ainda no primeiro tempo. E no segundo, cobrou o escanteio para o gol de Alemão.

Foi mal: Daniel comete pênalti no início e é vaiado

O goleiro Daniel, do Inter, já não tinha relação boa com a torcida. Foi vaiado algumas vezes após falhas em momentos decisivos do time. Hoje, de novo, errou em um jogo importante. No início da partida, saiu aos pés de Lucero e cometeu pênalti que virou o primeiro gol do jogo. Desde então, sempre que tocou na bola foi vaiado por todo o Beira-Rio.

Da luta ao gol: Pedro Henrique é símbolo da virada

Pedro Henrique lutou muito. Desde o primeiro minuto de jogo, o atacante correu, brigou, discutiu com árbitro, abriu espaços e até errou por estar muito nervoso. Torcedor admitido do Inter desde criança, ele foi símbolo da virada e acabou premiado pelo quarto gol.

Ruas de fogo e 40 mil pessoas

A torcida do Inter deu show. Antes do jogo, a ação chamada 'Ruas de Fogo' tomou o entorno do Beira-Rio. Com a bola rolando, mais de 40 mil torcedores apoiaram o time no Beira-Rio até a classificação.

Alan Patrick brilha, mas se machuca

Alan Patrick foi fundamental na virada do Inter. Não só pelo gol que empatou a partida, mas também por participar da jogada do gol marcado por Edenilson. Porém, a partida acabou antes do fim do primeiro tempo para ele, com uma lesão muscular.

O jogo do Inter: susto e pressão

O Inter levou um susto. Pretendia sair na frente antes dos 15 minutos do primeiro tempo, mas acabou levando um gol neste período. Depois de minutos em que se perdeu no jogo pelo nervosismo, o Colorado retomou as rédeas da partida e virou ainda na etapa inicial. Boas atuações individuais de Edenilson, De Pena, Alan Patrick até se lesionar e Gabriel impulsionaram a equipe de Mano Menezes. No segundo tempo, os brasileiros seguiram pressionando e 'arrancaram' mais gols no embalo da torcida.

O jogo do Colo-Colo: time fechado e gol surpresa

O Colo-Colo pouco chegou ao ataque. Sua produção ofensiva viveu de cruzamentos, nos quais teve vantagem sobre a defesa do Inter na maioria das vezes. Mas contou com uma falha defensiva do Inter para inaugurar o placar. Daniel saiu em Lucero e cometeu pênalti, que virou gol de Costa. Mas a principal atribuição chilena foi se defender durante o jogo todo. Afinal, entrou em vantagem por ter vencido o jogo de ida.

Torcedor invade o campo

Tão logo o Colo-Colo abriu o placar, um torcedor do Inter invadiu o espaço de partida. Antes de entrar no campo, ele foi imobilizado por seguranças e retirado do local.

Sob olhar de D'Alessandro

O jogo contra o Colo-Colo teve um convidado especial. Ídolo colorado e aposentado neste ano, D'Alessandro esteve em seu camarote acompanhando o jogo no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 4 X 1 COLO-COLO
Competição: Copa Sul-Americana - jogo de volta das oitavas de final
Data e hora: 5 de julho de 2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Dario Herrera (ARG)
Auxiliares: Gabriel Chade e Maximiliano Del Yesso (ambos argentinos)
VAR: Mauro Vigiliano (ARG)
Cartões amarelos: Pavéz, Falcón (COL); Edenilson, De Pena, Vitão, Moisés (INT)
Gols: Gabriel Costa (COL), aos 15 minutos do 1º tempo; Alan Patrick (INT), aos 28' do 1º tempo; Edenilson (INT), aos 32' do 1º tempo; Alemão (INT), aos 16' do 2º tempo; Pedro Henrique (INT), aos 29' do 2º tempo.

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos (Kaique), Mercado, Vitão e Moisés; Gabriel, De Pena, Edenilson, Pedro Henrique (Mauricio) e Alan Patrick (Taison); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

COLO-COLO: Cortés; Opazo, Falcón, Zaldivia (Bouzat) e Suazo; Pizarro (Gutiérrez), Pávez, Solari (Bolados), Leonardo Gil (Oroz) e Gabriel Costa; Lucero. Técnico: Gustavo Quinteros.