PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Gabigol marca, Marinho desencanta e Fla bate América-MG no Brasileirão

Letícia Marques

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/06/2022 20h53

Classificação e Jogos

Dorival Júnior fez jus ao tabu, quebrou a sina e voltou a vencer no comando do Flamengo. Na noite de hoje (25), o Rubro-Negro bateu o América-MG, no Maracanã, por 3 a 0, pela 14ª rodada do Brasileirão. O placar, que faz o clube carioca se afastar do Z-4 e dar um salto momentâneo na tabela, foi construído com gols de Gabi, Arrascaeta e Marinho. Personagem do jogo, o camisa 9 abriu o placar, perdeu pênalti e foi alvo da torcida durante parte do jogo.

A equipe carioca conquistou um resultado positivo após duas derrotas consecutivas, ambas para o Atlético-MG, pela Copa do Brasil e Pelo Brasileirão. A última vitória havia sido justamente no Maracanã e o resultado de hoje afasta um pouco a pressão.

Com o triunfo, o Fla chegou a 18 pontos e pulou - momentaneamente - para a parte de cima da tabela, enquanto os comandados de Vagner Mancini permanecem com 15 e perto da degola.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Rubro-Negro encara o Santos, fora de casa, no sábado (02), enquanto o América-MG recebe o Goiás, no domingo (03).

Quem foi bem: Gabi e João Gomes

O jogador foi o responsável por abrir o placar ainda no primeiro tempo, no entanto, desperdiçou outras oportunidade de ampliar o placar. Gabi perdeu um pênalti logo no início do segundo tempo. O volante fez mais uma boa partida, dominou as ações do meio-campo e deixou o gramado aplaudido pelos torcedores.

Quem foi mal: Ayrton Lucas

O lateral teve uma atuação sem muita atenção, fez algumas faltas bobas na partida.

Santos retorna

Recuperado de lesão no quadríceps da coxa esquerda, o goleiro voltou aos gramados após 49 dias. Santos recebeu a primeira oportunidade com Dorival e fez a sua quinta partida pelo Flamengo. Sem ser muito exigido no primeiro tempo, o grande destaque foi o lançamento para o ataque que resultou no gol de Gabi.

Desempenho do Flamengo

A escalação do Flamengo foi marcada por um quarto defensivo inédito: Santos, Rodinei, Léo, Gustavo e Ayrton, e um ataque formado por Arrascaeta, Gabi e Pedro. A equipe teve o domínio do primeiro tempo, apesar de ter demorado a entrar no jogo. A partir da metade, perto dos 20 minutos, o Fla começou a pressionar e chegou a finalizar seis vezes em doze minutos. Somente aos 40 minutos, Gabi abriu o placar para o Fla.

O Flamengo voltou mais agitado no segundo tempo e teve algumas oportunidades no início da partida. O pênalti perdido por Gabi não abalou a equipe, que continuou controlando o jogo. Com algumas chances desperdiçadas, o Rubro-Negro ainda conseguiu mais dois gols no segundo tempo.

Desempenho do América-MG

O técnico Vagner Mancini optou por uma escalação diferente dos últimos jogos e contou inclusive com o retorno do goleiro Matheus Cavichioli, que fez o primeiro jogo na temporada. O América entrou em campo em um 4-3-3, com a estratégia de marcar a saída de bola para forçar erros do Fla. Funcionou até os 20 minutos, depois, a equipe mineira sofreu pressão até o fim do primeiro tempo, quando o Fla abriu o placar.

O América-MG fez algumas alterações no início do segundo tempo para tentar mudar o jogo, no entanto, não surtiu efeito. O time ainda deu espaço para os contra-ataques do Fla, não à toa, teve periogo em diversos momentos.

Primeira chance do Fla

Aos 19 minutos, Rodinei cruzou para Arrascaeta na área. O uruguaio, com calma, tentou colocar na cabeça dos atacantes que estavam na área, mas a defesa adversária tirou. No rebote, Andreas pegou mal na bola e isolou.

Belisca o travessão!

Gabi avançou pela direita e tentou um chute de fora da área. A bola beslicou o travessão do América, e resultou em mais um escanteio para o Flamengo. No cruzamento para a área, o camisa 9 tentou mais uma vez, mas o Cavichioli defendeu.

Hoje tem!

No tiro de meta, Santos fez um lançamento para Pedro, que levou a melhor com o marcador adversário, e deixou Gabi na cara do gol com Cavichioli. O goleiro tentou sair, mas o camisa 9 levou a melhor e abriu o placar aos 40 minutos. A dupla de atacantes comemorou junta.

Baixa no América-MG!

No último lance do jogo, Lucas Kal saiu de campo na maca após um choque com o Pedro. O jogador caiu de costas no chão e, segundo o médico, que avaliou rapidamente, um trauma na costela do lado esquerdo.

Arrasca, o pifador!

Em dois minutos de bola rolando no segundo tempo, Arrascaeta comandou o ataque do Flamengo e deixou Gabi na cara do gol. Nas duas oportunidades, o camisa 9 parou nos braços de Cavichioli.

Gabi perde pênalti

Jogada trabalhada entre Andreas e Arrascaeta, que cai dentro da área. Gabi desperdiçou a cobrança ao tentar deslocar do goleiro e acabou chutando para fora.

Presença ilustre no Maracanã: Vini Jr

O cria do Flamengo aproveitou a estadia no Rio para comparecer ao estádio e assistir ao jogo do clube do coração. Vini, inclusive, lamentou o pênalti perdido por Gabi e levou a camisa rubro-negro no rosto após a cobrança.

Vaias ao Gabi, aplausos ao Pedro!

Depois do pênalti perdido, e outras chances desperdiçadas, a torcida do Flamengo vaiou Gabi em alguns momentos. Em contrapartida, Pedro era aplaudido ao tocar na bola.

Contra-ataque mortal

No primeiro lance de Everton Ribeiro, o Flamengo conseguiu ampliar o placar. O contra-ataque mortal começou com Pedro, passou pelo camisa 7, que deixou Arrascaeta livre para marcar.

Reabilitação de Marinho

Recebendo mais uma chance com Dorival, Marinho entrou no jogo mais tranquilo e fez uma jogada característica na carreira. Em jogada individual, o jogador chutou de fora da área e acertou o 'mini míssel'. O atleta chorou na comemoração do gol.

Calendário

O Flamengo vira a chave e foca na Libertadores. A primeira partida das oitavas de final contra o Tolima acontece na quarta (29), na Colômbia. O América-MG, por sua vez, tem a atenção na Copa do Brasil, contra o Botafogo, na quinta (30).

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO x AMÉRICA-MG
Competição: Campeonato Brasileiro - 14ª rodada
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Dia: 24 de junho de 2022, sábado
Horário: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: João Gomes (Flamengo); Danilo Avelar (América-MG)
Gols: Gabigol (Aos 40 do 1T, Flamengo), Arrascaeta (Aos 25 do 2T, Flamengo), Marinho (Aos 45 do 2T, Flamengo)
FLAMENGO: Santos, Rodinei, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Ayrton Lucas; João Gomes (Arão), Thiago Maia e Andreas (Diego Ribas); Arrascaeta (Lázaro), Gabigol (Everton Ribeiro) e Pedro (Marinho).Técnico: Dorival Júnior
AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli, Patric, Danilo Avelar, Éder, Marlon (Luan Patrick), Lucas Kal, Juninho, Alê, Felipe Azevedo (Pedrinho), Everaldo e Henrique Almeida (Aloísio). Técnico: Vagner Mancini