PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2022

Vasco recebe Brusque para 'fincar' pé no G4 e de olho em avanço da SAF

Zé Ricardo, técnico do Vasco, conversa com elenco no CT Moacyr Barbosa - Daniel Ramalho/CRVG
Zé Ricardo, técnico do Vasco, conversa com elenco no CT Moacyr Barbosa Imagem: Daniel Ramalho/CRVG

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

26/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

O Vasco encara o Brusque, hoje (26), pela nona rodada da Série B do Brasileiro, com expectativas tanto dentro quanto fora de campo. Enquanto a equipe do técnico Zé Ricardo quer se manter firme no G4, os executivos da 777 estarão no Rio de Janeiro para caminhar no processo de aquisição de 70% das ações da futura SAF do clube. O confronto, em São Januário, será às 19h (de Brasília).

O Cruz-Maltino, com 14 pontos (cinco a menos que o líder Cruzeiro) e na quarta colocação, busca a vitória para se aproximar do topo, enquanto a equipe catarinense, em décimo e com dez pontos, quer encostar no primeiro pelotão da competição.

A equipe da Colina está, até aqui, invicta no campeonato, mas ainda não engrenou. Com três vitórias e cinco empates, o Vasco tem, logo mais, uma nova oportunidade de iniciar uma sequência de resultados positivos. E, para isso, conta com aquela que tem sido o trunfo nesta campanha: a torcida, uma vez que São Januário promete estar cheio novamente. Na última parcial divulgada, 20 mil ingressos tinham sido emitidos.

Em campo, Zé Ricardo conta com os retornos de Nenê e Yuri Lara, que cumpriram suspensão contra o Guarani. Além disso, tem Palacios — contratação feita com o auxílio da 777 —, pedindo passagem. O chileno tem feito trabalhos para evoluir fisicamente e, inclusive, não vê problema em atuar ao lado do camisa 10.

"Tenho melhorado muito a desenvoltura, o peso, a intensidade. Às vezes, é difícil começar de fora, porque quando você entra os jogadores estão mais cansados, o nível do jogo está diferente, tem que entrar no mesmo nível. Começar é uma boa para pegar o clima do jogo, o que é importante para melhorar. Qualquer um dos dois [posições] eu posso fazer, o importante é sempre ajudar o time", disse.

"Ainda não falamos sobre ser titular. Eu falei que posso jogar sem problemas, já joguei pela ponta. Se ele decidir que posso jogar junto com o Nenê, não tenho problema. Se tiver oportunidade vou ficar ainda mais feliz. Mas só de jogar em São Januário lotado já fico feliz", completou.

Executivos da 777 no Rio

Comitiva da 777 Partners ganhou carteirinhas de sócio do Vasco da Gama em São Januário - Rafael Ribeiro / Vasco - Rafael Ribeiro / Vasco
Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

De acordo com recente nota do Vasco, os "executivos da 777 Partners estarão no Rio nos próximos dias 26 e 27 de maio [hoje e amanhã] para a finalização da "due diligence" e conclusão dos procedimentos com vistas à aquisição de 70% das ações da futura Vasco da Gama SAF".

Amanhã (27), inclusive, eles terão uma reunião com Comissão Especial para a Constituição da Sociedade Anônima do Futebol, nomeada por Carlos Eduardo Fonseca, presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, ontem (25).

Uma vez que a proposta for apresentada, ela passará por análise dos poderes do clube e, em seguida, será convocada a última e derradeira Assembleia Geral Extraordinária (AGE), onde os associados votarão pela venda ou não da SAF vascaína para o grupo norte-americano.

Os americanos já transferiram ao Cruz-Maltino R$ 70 milhões como empréstimo-ponte e pretendem investir R$ 700 milhões no futebol nos próximos três anos. Além disso, também se comprometem a assumir dívidas que chegam a R$ 700 milhões.

Os executivos da 777 já estiveram no Rio em março. Na ocasião, além de São Januário, foram ao CT Moacyr Barbosa, ao CT da base — em Duque de Caxias (RJ) — e ao Maracanã, onde assistiram à semifinal do Campeonato Carioca contra o Flamengo. Também à época, tiveram uma reunião com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, no Palácio da Cidade.

Jogo emblemático

Cano celebra gol do Vasco contra o Brusque, pela Série B do Brasileiro - NAYRA HALM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO - NAYRA HALM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: NAYRA HALM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O duelo entre Vasco e Brusque em São Januário, no primeiro turno da Série B do ano passado, se tornou emblemático. Na ocasião, o Cruz-Maltino — que venceu por 2 a 1 — foi a campo com o uniforme em homenagem ao movimento LGBTQIA+, no qual a faixa transversal ganhou as cores do arco-íris, além de outras ações afirmativas.

Além disso, o argentino Germán Cano, hoje no Fluminense, abriu o placar e comemorou levantando a bandeirinha de escanteio, que também levava as cores do arco-íris. A imagem teve grande repercussão e o clube da Colina chegou a lançar uma camisa com a imagem da celebração.

FICHA TÉCNICA:

VASCO x BRUSQUE
Competição
: Campeonato Brasileiro Série B, 9ª rodada
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Dia: 26 de maio de 2022, quinta-feira
Horário: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

VASCO: Thiago Rodrigues; Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri, Juninho, Andrey Santos (Palacios) e Nenê; Figueiredo (Erick) e Raniel. Técnico: Zé Ricardo

BRUSQUE: Jordan; Pará, Bruno Aguiar, Jeferson Baia e Airton; Zé Mateus, Rodolfo Potiguar e Diego Jardel; Alex Sandro, Alex Ruan e Júnior Todinho. Técnico: Luan Carlos