PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2022

Com fraca atuação, América-MG perde para o Del Valle e termina na lanterna

Sornoza comemora gol do Del Valle sobre o América-MG pela Copa Libertadores - RODRIGO BUENDIA / AFP
Sornoza comemora gol do Del Valle sobre o América-MG pela Copa Libertadores Imagem: RODRIGO BUENDIA / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/05/2022 22h50

Classificação e Jogos

O América-MG se despediu de sua primeira participação na Copa Libertadores sem vencer nenhum jogo na fase de grupos. Hoje (25), o time perdeu por 3 a 0 para o Independiente Del Valle fora de casa, pela sexta rodada, e encerrou na lanterna do Grupo D. Para piorar, ainda ficou sem a vaga nas oitavas de final da Sul-Americana.

Com uma atuação muito fraca, o time brasileiro pouco fez e foi dominado pelos equatorianos. Sornoza abriu o placar e Gaibor marcou o segundo ainda na primeira etapa. Chavéz deu números finais ao confronto marcando o terceiro no segundo tempo.

Já eliminado, o América entrou em campo precisando vencer por dois gols para ficar com a vaga nas oitavas da Sul-Americana. Com o revés, encerra sua primeira participação na Libertadores, com apenas dois pontos e uma das piores campanhas entre os clubes brasileiros nesta etapa da competição. Santos, em 1984, Vasco, em 1985, e Bangu, em 1986, também conquistaram apenas dois empates nesta etapa do torneio.

O Del Valle, apesar da vitória, continuou em terceiro lugar na chave, com oito pontos, e irá disputar as oitavas da Sul-Americana. O time precisava de um triunfo do Atlético-MG sobre o Tolima, mas os colombianos venceram no Mineirão e se mantiveram em segundo, com 11 pontos, mesma pontuação do Galo, que foi o líder no saldo de gols.

Quem foi bem: Gaibor e Pellerano tomam conta do jogo

Diante da apatia do América, Gaibor e Pellerano pouco tiveram que se preocupar em marcar e ficou livre para ajudar na criação das jogadas. Com espaço, participou sempre das boas jogadas do time da casa e ainda anotou o segundo gol da partida.

Quem foi mal: Felipe Azevedo, Aloísio e Henrique Almeida não aparecem

O trio ofensivo do Coelho foi praticamente nulo em campo. Com o time retraído, pouco participaram do jogo e não incomodaram a zaga adversária. Felipe Azevedo e Aloísio saíram aos 15 do segundo tempo. Henrique saiu aos 24.

Atuação do América-MG: Jogou a toalha

O Coelho entrou em campo já derrotado, Aparentemente, os jogadores sentiram a eliminação precoce na Libertadores e tiveram desempenho completamente apático diante do Del Valle. Sem ficar com a bola, sem criar contra-ataques, a equipe foi muito inferior durante os 90 minutos e mereceu o revés.

Domínio completo do Del Valle no primeiro tempo

Jogando em casa e precisando da vitória para seguir com chances de classificação na Libertadores, os 'Listrados' foram muito superiores na primeira etapa. A vantagem poderia ser ainda maior se não fosse Jailson, que realizou ao menos duas grandes defesas quanto o jogo ainda estava 0 a 0.

O primeiro gol da partida saiu aos 16 minutos, dos pés de Sornoza. O jogador, que defendeu Fluminense e Corinthians no Brasil, pegou a bola na esquerda, trouxe para o meio da área, tirando Maidana da marcação, e acertou um lindo chute de direita para balançar a rede.

Pouco antes do intervalo, aos 42, Gaibor ampliou. Perlaza cruzou da direita e o meia teve total liberdade dentro da área para bater no canto Jailson. O defensor pulou na bola, mas não conseguiu evitar o segundo do time equatoriano.

Del Valle tira o pé, mas faz o terceiro

Com o resultado favorável, o time equatoriano voltou para etapa final em um ritmo bem mais lento, administrando a vantagem. Mesmo assim, aos 6', levou perigo na finalização de Bauman, que Jailson mandou para escanteio.

O terceiro gol veio aos 28 minutos. Chávez recebeu um lançamento lindo da defesa e dominou no meio da zaga do Coelho. Ele arriscou com a esquerda e mandou alto e a bola ainda raspou no travessão antes de entrar.

Partida esquenta no meio da segunda etapa

A arbitragem teve pouco trabalho até os 22 minutos da segunda etapa. O confronto vinha sem nenhum lance mais violento e nenhum cartão tinha sido mostrado. No entanto, Perlaza e Henrique Almeida se desentenderam e foram advertidos com o amarelo.

Éder, dois minutos depois, também entrou para a lista do árbitro Leondán González. Carlos Alberto e Perlaza ainda completaram a lista dos amarelados.

Próximos jogos

Agora, o Coelho foca na disputa do Brasileirão. Pela oitava rodada, o clube visita o Corinthians, domingo (29), às 18h. No mesmo dia, mas às 20h, o Del Valle encara o 9 de Octubre fora de casa, pela 15ª rodada do Campeonato Equatoriano.

FICHA TÉCNICA:

INDEPENDIENTE DEL VALLE 3 x 0 AMÉRICA-MG
Competição:
Copa Libertadores da América - Sexta rodada do Grupo D
Data: 25 de maio de 2022, quarta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Estádio Banco Guayaquil, em Quito (EQU)
Árbitro: Leodán González (URU)
Assistentes: Nicolás Taran (URU) e Martín Soppi (URU)
Gols: Sornoza, aos 16' do primeiro tempo (IND), Gaibor, 42' do primeiro tempo (IND), Chávez, aos 28' do segundo tempo (IND).
Cartões amarelos: Perlaza, Chávez (IND); Henrique Almeida, Éder, Carlos Alberto (AMG)

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Ramírez; Shunke, Ordoñez e Segovia; Perlaza (Vargas), Ortiz, Pellerano (Marco Angulo), Gaibor (Danny Cabezas), Sornoza (Plaza) e Chávez; Bauman (Ayoví). Técnico: Renato Paiva.

AMÉRICA-MG: Jailson; Patric (Raúl Cáceres), Éder, Iago Maidana e Marlon; Lucas Kal, Rodriguinho e Alê (Zé Ricardo); Felipe Azevedo (Gustavo); Aloísio (Kawê) e Henrique Almeida (Carlos Alberto). Técnico: Vagner Mancini.