PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

'Vamos dar a vida', diz Luiz Henrique sobre Fluminense na Sul-Americana

Luiz Henrique, atacante do Fluminense - Marcelo Gonçalves / Fluminense
Luiz Henrique, atacante do Fluminense Imagem: Marcelo Gonçalves / Fluminense

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

19/05/2022 21h44

Classificação e Jogos

Após o empate sem gols do Fluminense com o Unión Santa Fe, da Argentina, pela Copa Sul-Americana, o atacante Luiz Henrique reconheceu que o resultado não foi bom para as pretensões do time na competição, mas afirmou que o Tricolor "vai dar a vida" na última rodada da fase de grupos para tentar chegar às oitavas de final.

Com o resultado, o time das Laranjeiras está na terceira colocação, com oito pontos — atrás do líder Junior Barranquilla, que tem 10, e do próprio Santa Fe, que tem nove. Neste cenário, precisa vencer o Oriente Petrolero, torcer por um empate no outro jogo da chave e conseguir passar o Barranquilla no saldo de gols.

"Chances matemáticas existem, ainda tem chance. Sabíamos que o jogo de hoje seria muito difícil, mas a equipe lutou até o final. Temos de trabalhar. Foi muito bom, a gente não saiu perdendo. Um ponto não é muito bom para a gente, mas vamos lutar até o final para conseguir a classificação. [Na Bolívia] Vamos dar a nossa vida, fazer o máximo de gol que a gente puder. Vamos lutar até o final", disse, à Conmebol TV.

Ao analisar a atuação do Flu nesta noite, o jovem apontou que a equipe teria de ter tido um ímpeto maior para conquistar o triunfo.

"Faltou mais vontade, mas sabíamos que seria um jogo difícil, por causa da torcida deles, que estava ajudando muito, mas o importante é que a gente não saiu perdendo", afirmou.

Fluminense