PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão: Flamengo pode perder a temporada se não trocar o técnico a tempo

Do UOL, em São Paulo

17/05/2022 13h59

O Flamengo volta a jogar hoje pela Libertadores diante da Universidad Católica, no Maracanã, podendo confirmar a classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores, mas o clube passa por um momento complicado, com muitas críticas ao trabalho do técnico Paulo Sousa e pedidos pelo retorno de Jorge Jesus.

No UOL News Esporte, Vitor Guedes afirma que pode ficar tarde demais para o Flamengo se não houver a percepção de que o clube errou na contratação do técnico e precisa corrigir a rota para não perder a temporada.

"Em times de massa, que é o caso do Flamengo, do Corinthians e do Galo, quando não há sincronia entre arquibancada e treinador, não vai. Porque o clima fica pesado, as coisas não acontecem. Mesmo quando tem defeito, o time não engrena, se há essa sincronia, compra a ideia, a torcida faz os 3 pontos às vezes quando o time não está bem, faz aquele gol, dá aquela paciência e a sensação que vem vejo é que não houve esse casamento", diz Vitão.

"Errou na contratação? Admite: 'errei, não era o Paulo Sousa, não tinha currículo' e troque enquanto é tempo ou o Flamengo para mim vai perder a temporada com o melhor elenco do Brasil. Eu acho ainda o elenco do Flamengo o melhor dos três e o rendimento está muito longe disso, acho que o treinador tem uma parcela da culpa. A diretoria não vai se auto demitir, então, do que é possível fazer, eu acho que o Paulo Sousa não está fadado ao sucesso no Flamengo, eu trocaria", completa.

Por outro lado, o jornalista não embarca com parte dos torcedores que são pedem pelo retorno de Jorge Jesus depois de tudo o que o treinador falou em sua última passagem pelo Brasil.

"Eu acho que falta um pouco de amor-próprio aos rubro-negros, embora eu deteste ombudsman de torcida alheia, acho que torcedor, dentro dos limites da lei, que fique claro, pode preferir, vaiar. Mas eu acho que o fato de o Jorge Jesus, na minha opinião, ser um mau caráter, porque o que el fez para mim é coisa de mau caráter, não transforma o Paulo Sousa em um bom treinador, são coisas diferentes", conclui.

Futebol