PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2022

Reforços decidem, e Santos vence de virada Universidad-EQU na Sul-Americana

Lucas Braga e Bryan Angulo comemoram gol de Jhojan Julio, na partida entre Santos e U. Catolica-EQU - Staff Images / CONMEBOL
Lucas Braga e Bryan Angulo comemoram gol de Jhojan Julio, na partida entre Santos e U. Catolica-EQU Imagem: Staff Images / CONMEBOL

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

13/04/2022 21h09

Classificação e Jogos

Foi no sufoco, mas o Santos lutou até o fim e venceu a Universidad Católica-EQU por 3 a 2, na noite de hoje (13), na Vila Belmiro, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O Peixe abriu o placar com Jhojan Julio, mas sofreu a virada com gols de Martínez e Minda ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Léo Baptistão deixou tudo igual, em cobrança de pênalti, e Bryan Angulo fechou o triunfo do Peixe.

Depois de primeiro tempo ruim, o Santos melhorou na etapa final, após as substituições de Fabián Bustos. Os reforços equatorianos Julio e Angulo marcaram pela primeira vez, mas Léo Baptistão, Angelo e Lucas Barbosa entraram muito bem e mudaram o cenário do jogo. Vinicius Zanocelo e Gabriel Pirani também foram acionados no decorrer do duelo.

Com três pontos, o Santos assume a segunda colocação do Grupo C, empatado com o Banfield, e torce contra os argentinos amanhã, às 19h15, quando visitarão o Unión La Calera (CHI). Só o primeiro colocado de cada chave avança ao mata-mata.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Coritiba, domingo (17), novamente na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Brasileirão. O próximo compromisso pela Sul-Americana será contra o Unión La Calera, dia 28, no Chile.

LIVE DO SANTOS COM GABRIELA BRINO E MAURICIO BARROS

Quem foi bem: Lucas Pires

O lateral-esquerdo não comprometeu na defesa e foi a principal arma ofensiva do Santos, com bons cruzamentos pelo lado esquerdo. Léo Baptistão entrou muito bem no segundo tempo.

Quem foi mal: Willian Maranhão e Ricardo Goulart

Vários jogadores do Santos não aturaram bem, mas Maranhão e Goulart foram os piores. Maranhão levou cartão amarelo aos 6 minutos, marcou e saiu no intervalo. Goulart não criou nada e não ajudou na marcação. O Peixe melhorou com a saída do camisa 10.

O jogo do Santos: tempos opostos

O Santos foi escalado mais uma vez com dois volantes de marcação (Willian Maranhão e Rodrigo Fernández) e deu muito espaço para a Universidad na intermediária ofensiva no primeiro tempo. Com Goulart sem ajudar e os volantes mal tecnicamente, a equipe equatoriana chegou como quis. Na etapa final, o Peixe melhorou com as substituições de Bustos e buscou a virada.

Equatorianos brilham

Jhojan Julio e Bryan Angulo fizeram os primeiros gols pelo Santos. Os atacantes chegaram recentemente da LDU-EQU e Cruz Azul-MEX, respectivamente. A dupla foi indicada pelo técnico Fabián Bustos.

Fogo amigo

Aos 21 minutos do segundo tempo, Eduardo Bauermann faria gol de cabeça, mas Angulo, impedido, foi conferir e acabou invalidando o gol do Santos. A bola de Bauermann entraria. O centroavante se redimiu com o gol da virada.

Volta do alçapão?

O Santos voltou a vencer na Vila Belmiro e melhorou seu retrospecto em casa. São três vitórias, dois empates e duas derrotas em 2022. O Peixe levou gol em todos os jogos em casa.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 3 x 2 UNIVERSIDAD CATÓLICA (EQU)
Competição:
Copa Sul-Americana - Segunda rodada do Grupo C
Data: 13 de abril de 2022 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Alberto Ponte e Lubin Torrealba (VEN)
Cartões amarelos: João Paulo e Willian Maranhão (SAN); Anangonó, Yuber Mosquera, Facundo Martínez e Cevallos (UNI)
Gols: Jhojan Julio (SAN), aos 14 minutos do 1T; Martínez e Minda (UNI), aos 25 e 42 minutos do 1T; Léo Baptistão e Angulo (SAN), aos 32 e 39 minutos do 2T.
Público e renda: 9424/R$ 263.352,20

SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão (Vinicius Zanocelo), Rodrigo Fernández (Gabriel Pirani), Jhojan Julio (Lucas Barbosa) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Lucas Braga (Ângelo) e Bryan Angulo. Técnico: Fabián Bustos

UNIVERSIDAD: Cuero; Anangonó, Caicedo, Mosquera e Cortez (Rivas); Minda, Diaz e F. Martinez; Zamora (Cevallos), Alzugaray e C.Martinez (Ordóñez). Técnico: Miguel Rondelli