PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Com Ronaldo na torcida, Cruzeiro bate URT por 3 a 0 na estreia pelo Mineiro

Thiago, atacante do Cruzeiro, comemora gol marcado sobre a URT pelo Campeonato Mineiro - Fernando Moreno/AGIF
Thiago, atacante do Cruzeiro, comemora gol marcado sobre a URT pelo Campeonato Mineiro Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Eduardo Nunes e Lohanna Lima

Colaboração para o UOL

26/01/2022 18h57

Classificação e Jogos

O Cruzeiro deixou uma boa imagem na estreia da temporada. Com Ronaldo acompanhando na Arena Independência, a equipe dominou a URT e venceu por 3 a 0 hoje (26), na primeira rodada do Campeonato Mineiro.

O time celeste controlou o embate, mas demorou 41 minutos para balançar a rede com Thiago. Com 11 da segunda etapa, Filipe Machado, ampliou e Edu, aos 25, deu números finais ao confronto.

Os dois clubes voltam a campo pela segunda rodada do estadual neste domingo (30). A Raposa visita o Athletic no estádio Joaquim Portugal, às 11h. Mais tarde, às 16h, o Trovão recebe a Caldense.

Tranquilidade de Ronaldo alimenta esperança

Ronaldo, no Independência, para acompanhar o primeiro jogo desde a compra do Cruzeiro - Lohanna Lima/UOL - Lohanna Lima/UOL
Ronaldo, no Independência, para acompanhar o primeiro jogo desde a compra do Cruzeiro
Imagem: Lohanna Lima/UOL

Ronaldo ficou durante todo o jogo em um dos camarotes. O dirigente esteve ao lado de parte da sua equipe, sem demonstrar nervosismo ou ansiedade pelo jogo. As maiores agitações do Fenômeno foram apenas na hora dos gols. Cercado por quatro seguranças, ele pouco foi incomodado. A maior interação com os torcedores aconteceu antes de a bola rolar.

Nos acréscimos da segunda etapa, foi ovacionado pelos torcedores e, rapidamente, acenou e sorriu para retribuir o carinho. Na saída do camarote, ele foi cercado por muitos torcedores

Quem foi bem: João Paulo

A partida do Cruzeiro passou pelos pés de João Paulo. O meio-campista estava sempre participando das ações ofensivas da equipe, colaborando muito na criação. Aos 38 da primeira etapa, chutou de primeira, de fora da área, e quase marcou um golaço, mas o goleiro Gustavo, com a ponta dos dedos, conseguiu espalmar para escanteio.

Quem foi mal: Marco Antônio

A defesa e o goleiro, praticamente, não foram testados. Do meio para frente, Marco Antônio foi quem menos participou do duelo contra a URT. Além disso, pecou pela afobação em alguns lances, prejudicando a armação ofensiva. Deixou o campo com oito minutos da segunda etapa.

Estreia indica ano melhor para Cruzeiro

As últimas três temporadas foram muito difíceis para a Raposa, entretanto a primeira partida indica que o ano de 2022 será melhor. A equipe se comportou muito bem em campo, controlou o adversário. Mas do que isso, mostrou que o elenco conta com peças bem interessantes, mesmo ainda tendo muitos reforços para estrear.

Cronologia do jogo

O Cruzeiro iniciou e terminou o primeiro tempo pressionando demais o Trovão. Waguininho, pela esquerda, foi o responsável pelas primeiras jogadas de perigo. João Paulo também participou e teve uma boa finalização com oito minutos.

Aos 14, quando a Raposa começou a baixar o ritmo, o time do interior tentou um único contragolpe com Cesinha e Gindré. No entanto, a Raposa retomou a intensidade e teve duas grandes oportunidades nos minutos que antecederam o gol de Thiago, aos 41. Waguininho começou a jogada pela esquerda e tocou para Rafael Santos, que cruzou para o atacante subir antes da defesa e mandar para o fundo da rede.

A Celeste voltou inflamada dos vestiários e conseguiu ampliar o marcador aos 11, com Filipe Machado. Em mais uma jogada que começou com Waguininho. Ele cruzou e o volante foi mais rápido que os marcadores e anotou o segundo.

O terceiro tento saiu em mais um cruzamento, desta vez de João Paulo, da esquerda. O centroavante Edu, que entrou no segundo tempo, se lançou e conseguiu cabecear para a rede, aos 25 minutos.

Nos minutos finais, o Trovão se lançou ao ataque e o goleiro Denivys mostrou serviço. O reflexo foi testado aos 37, após escanteio, e aos 43, na cabeçada de Davy.

Treinador "disfarçado" de auxiliar

Contratado para comandar o Cruzeiro em 2022, Paulo Pezzolano deu um jeito de ficar no banco de reservas. O técnico, que ainda não está regularizado, atuou, na teoria, como auxiliar técnico da Raposa. Porém, na prática, era ele quem mais orientava os jogadores e reclama com a arbitragem.

Dificuldade para assistir

A transmissão da partida foi exclusiva do jornal 'O Tempo'. Contudo, tanto o aplicativo como o site do periódico sofreram com instabilidades, tanto antes como durante a partida, causando revolta em quem havia pago para assistir. A solução adotada foi liberar o sinal gratuitamente no YouTube.

Atraso na entrada

Um problema nas catracas da Arena Independência dificultou o acesso dos torcedores para acompanhar a primeira partida da Celeste em 2022. Faltando cerca de 45 minutos para a bola rolar, o erro foi corrigido e, somente às 16h15, as primeiras pessoas conseguiram entrar no palco do jogo.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 X 0 URT

Data: 26/01/2022;

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG);

Hora: 17h (de Brasília)

Gols: Thiago, aos 41' do primeiro tempo, Filipe Machado, aos 11', e Edu, aos 25' do segundo tempo, para o Cruzeiro.

Cartões amarelos: Davy (URT); Mateus Silva (CRU).

Cruzeiro: Denivys; Rômulo, Mateus Silva, Eduardo Brock (Geovane) e Rafael Santos (Gabriel Dias); Filipe Machado, Marco Antônio (Willian Oliveira), João Paulo e Giovanni (Bruno José); Waguininho e Thiago (Edu). Técnico: Mário Henrique.

URT: Gustavo; Ferrugem, Davy, Breno e Jhonathan Moc; Dudu (Cebolinha), Derlan e Gindre (Nininho); Evair (Euller), Cesinha (Iago Martins) e Daniel Passira (Mateus Oliveira). Técnico: Wellington Fajardo.

Cruzeiro