PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ibrahimovic consola árbitro após erro que tirou vitória do Milan

17.1.22 - Em campo, jogadores do Milan cobraram árbitro por erro,, mas depois do jogo, Ibrahimovic liderou os companheiros para consolá-lo - Pier Marco Tacca/AC Milan via Getty Images
17.1.22 - Em campo, jogadores do Milan cobraram árbitro por erro,, mas depois do jogo, Ibrahimovic liderou os companheiros para consolá-lo Imagem: Pier Marco Tacca/AC Milan via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/01/2022 14h28

O atacante Zlatan Ibrahimovic consolou o árbitro Marco Serna, que chorou após um erro que custou três pontos ao Milan na partida desta segunda-feira (17) contra o Spezia, pelo Campeonato Italiano.

Nos acréscimos da partida, quando o jogo estava empatado em 1 a 1, o árbitro não deu a lei da vantagem e anulou o gol de Junior Messias, do Milan, devido uma falta sofrida segundos antes pelo seu companheiro Rebic. Para piorar, o Spezia conseguiu virar o jogo na sequência.

Imediatamente, Serna percebeu o erro e se desculpou. Ainda em campo, os jogadores do Milan se revoltaram e foram para cima do árbitro. Mas, segundo a imprensa italiana, após o jogo, Zlatan Ibrahimovic liderou um pequeno grupo de jogadores que se dirigiu ao vestiário do árbitro para consolá-lo. "Erros acontecem", teria dito o sueco a Serna.

O técnico do Milan, Stefano Pioli, também defendeu Serna. "O árbitro é humano, cometeu um erro, reconheceu e pediu desculpas imediatamente. Infelizmente, as coisas seguiram pelo caminho errado. Acredito que nós perdemos claridade depois desse incidente decisivo na partida, porque nosso posicionamento ruiu. Queríamos vencer o jogo, mas aquele episódio nos deixou confusos."

A Associação de Árbitros da Itália enviou um pedido de desculpas ao Milan e suspendeu o árbitro por duas partidas na Série A. Depois deste período, ele será rebaixado para a segunda divisão italiana até o final da temporada.

Com a derrota, o Milan perdeu a chance de ultrapassar a Inter na ponta da tabela do Italiano, permanecendo com 48 pontos, contra 50 do rival.

Futebol