PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em jogo movimentado, Cruzeiro bate Desportivo Brasil e segue na Copinha

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol na vitória diante do Desportivo Brasil - Renato Felipazzi / Cruzeiro
Jogadores do Cruzeiro comemoram gol na vitória diante do Desportivo Brasil Imagem: Renato Felipazzi / Cruzeiro

17/01/2022 16h58

Classificação e Jogos

O Cruzeiro garantiu a classificação para as quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior. A equipe mineira bateu o Desportivo Brasil por 4 a 1, nesta segunda (17) em partida disputada em Porto Feliz. Os gols do Cruzeiro foram marcados por Ageu, Vitor Diniz, Vitor Roque e Vitinho. Marcelo Santos descontou para os paulistas. Agora, a Raposa espera o vencedor do confronto entre São Paulo e Vasco, que acontece às 20h, também nesta segunda-feira.

COMEÇO MOVIMENTADO

O Cruzeiro começou marcando pressão e pressionando a saída de bola do adversário. Após uma roubada de bola no campo ofensivo, Ageu dominou e, da entrada da área, finalizou. A bola desviou na zaga e morreu no fundo das redes - gol marcado aos quatro minutos de jogo.

Após o gol, a partida se manteve equilibrada. Atrás no placar, o Desportivo Brasil criou e buscou mais o jogo. Matheus Rampon e David braga obrigaram Denivys, goleiro do Cruzeiro, a fazer boas defesas. O Cruzeiro incomodou com finalizações de Daniel e Alex Matos. Giovanny, do Desportivo Brasil, perdeu boa chance, finalizando para fora num lance com o goleiro já batido. Raynan também perdeu boa chance de cabeça.

A insistência rendeu no empate ainda no primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, o goleiro Denivys saiu mal do gol e Marcelo Santos marcou o gol que empatou a partida.

RAPOSA NA FRENTE

Com menos de um minuto após o reinício da partida, Raynan enfiou linda bola para o atacante Giovanny que, frente a frente com o goleiro Denivys, perdeu a chance de virar o jogo. Na primeira boa chance da segunda etapa, o Cruzeiro voltou a ficar na liderança do placar. Vitor Diniz recebeu cruzamento de Alex Matos e completou para marcar o segundo gol da raposa no jogo.

O cenário do primeiro tempo se repetiu e o Desportivo Brasil buscou o jogo. Contudo, ao contrário do primeiro tempo, a equipe paulista não foi eficiente para criar chances de perigo. Foi o clube mineiro que seguiu incomodando. Daniel acertou o travessão do Desportivo Brasil. Pouco depois, Vitor Roque recebeu passe de Daniel, driblou o zagueiro e finalizou com força e fez o 3 a 1 para a equipe celeste.

Com o placar contrário e precisando de marcar dois gols para levar o jogo nos pênaltis, o Desportivo Brasil fez mudanças e buscou ser mais ofensivo, mas esbarrava no bom sistema defensivo cruzeirense. Quando conseguia finalizar, parava no goleiro Denivys. Nos acréscimos, em jogada de contra-ataque, Vitor Roque cruzou rasteiro e Vitinho completou para dar números finais a partida.

Futebol