PUBLICIDADE
Topo

Futebol

O que o Grêmio precisa para escapar da Série B na última rodada

Time gaúcho precisa de vitória contra o Atlético-MG e derrotas de Juventude e Bahia - Lucas Uebel/Gremio FBPA
Time gaúcho precisa de vitória contra o Atlético-MG e derrotas de Juventude e Bahia Imagem: Lucas Uebel/Gremio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

07/12/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Grêmio chega à última rodada do Campeonato Brasileiro vivo na luta para fugir da Série B. Graças à derrota do Juventude diante do São Paulo, no Morumbi, o time de Vagner Mancini entrará em campo na quinta-feira (9) com chances matemáticas de escapar. A conta é simples e envolve três partidas. Em Porto Alegre, Caxias do Sul e Fortaleza.

De acordo com a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o Grêmio tem 96,1% de probabilidade de cair. O Bahia tem 51,8% de chances e o Juventude 48,1%, de acordo com o levantamento.

O Grêmio joga contra o Atlético-MG, na Arena do Grêmio, com uma certeza: tem que vencer. Empate não adianta para a matemática gremista. Derrota muito menos. Somente a vitória sustenta alguma chance de fuga do rebaixamento.

No cenário de vitória, o Grêmio chegará a 43 pontos. E aí, passa a comparar critérios de desempate e resultados paralelos. Um olho estará no estádio Alfredo Jaconi, onde o Juventude recebe o Corinthians. E ainda será preciso ficar atento ao minuto a minuto de Fortaleza e Bahia, no Castelão.

Além de vencer o Galo, o Grêmio torce para que Juventude e Bahia percam os jogos. Os dois times precisam perder as partidas, na combinação de resultados. Se houver empate, seja em Caxias do Sul ou em Fortaleza, o time gremista será rebaixado.

O Grêmio pode escapar no número de vitórias. Atualmente, a equipe de Vagner Mancini já tem 11 triunfos. Ganhando do Atlético-MG, vai a 12 e supera Bahia (11 vitórias) e Juventude (dez).

A escalação do Grêmio para a última rodada tem problemas. Geromel e Kannemann estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Rafinha sentiu dores no tornozelo e deverá passar por tratamento e reavaliação. No meio-campo, Thiago Santos tem desconforto muscular.

Futebol