PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Inter ouve "time sem vergonha" e Taison desabafa: "O torcedor tem razão"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

06/12/2021 22h09

Classificação e Jogos

Ao perder para o Atlético-GO, hoje (6), por 2 a 1, no Beira-Rio, o Inter viu distante a vaga para a próxima Libertadores. Os torcedores, irritados, protestaram muito no encerrar do jogo, e Taison, capitão do time, deu razão para os ecos da arquibancada.

O cântico entoado no estádio vermelho tão logo a partida terminou foi o já tradicional "time sem vergonha", que costuma acompanhar infortúnios de grandes clubes. Taison não contrariou os aficionados.

"É duro escutar isso, mas o torcedor tem razão. Está no direito dele. Estamos numa sequência ruim. Depois do Gre-Nal perdemos a maioria dos jogos e ficamos longe (da vaga para Libertadores). Temos que escutar e tentar levantar a cabeça", disse o capitão da equipe.

O Inter precisa de uma combinação de resultados, além de vencer o Red Bull Bragantino na rodada final para ir à próxima Libertadores. E encerrará mais uma temporada sem conquistar título algum. Por isso, o meia-atacante pediu mudanças.

"Não tem o que explicar, é difícil. Temos que tentar pensar no ano que vem. Tem que ter mudança, está na cara. Temos que nos cobrar. Mudança de nós, jogadores, dirigentes, presidente, vice, todos. O Inter é muito grande para estar onde está. Temos que lutar por títulos e não estamos fazendo isso. O torcedor tem razão e nós temos que ouvir", desabafou.

Internacional