PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cuca minimiza título de maior técnico após conquista do Galo: "É o Telê"

Cuca, técnico do Atlético-MG, durante a partida contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro - Divulgação/CAM
Cuca, técnico do Atlético-MG, durante a partida contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Divulgação/CAM

Lohanna Lima

Colaboração para o Uol, em Belo Horizonte, MG

02/12/2021 20h25

O técnico Cuca foi o responsável por conduzir o Atlético-MG ao título de campeão brasileiro após 50 anos ao vencer o Bahia, de virada, por 3 a 2, na noite desta quinta-feira (2). Antes já havia conquistado uma Libertadores histórica e marcado o nome nas páginas do Galo. Agora, fica a pergunta que não quer calar: Cuca tornou-se o maior treinador da história do clube após mais um grande feito? Questionado ao fim do jogo, o técnico fez questão de exaltar Telê Santana, que foi quem comandou o time campeão brasileiro de 1971.

"Ah, é o Telê. Não tem como comparar. Eu era fã dele. Se eu ficar em segundo ou terceiro já está bom. Um jogo desse, complicado, virada histórica. A gente tomando o 2 a 0, a torcida devia estar p... da vida, xingando tudo, e nós viramos. Que alegria, meu Deus", extravasou o treinador.

Cuca ainda fez questão de dedicar o título a dois torcedores que faleceram recentemente e comoveram a torcida alvinegra: Felipe Silveira e Matheus Fernandes.

"Tenho que dedicar o título ao Felipe, que morreu de câncer, e ao Matheus, que foi agredido após o jogo contra o Fluminense e teve morte cerebral ontem. Um abraço à família e que Deus os conforte", finalizou.

Futebol