PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro está apalavrado com Maicon, mas punição da Fifa trava assinatura

Zagueiro Maicon em ação no clássico São Paulo e Corinthians - Marcello Zambrana/AGIF
Zagueiro Maicon em ação no clássico São Paulo e Corinthians Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Lohanna Lima e Victor Martins

Colaboração para o Uol, em Belo Horizonte, MG

24/11/2021 13h14

O experiente zagueiro Maicon pode ser o primeiro nome para a temporada de 2022 do Cruzeiro. O jogador, de 33 anos, está apalavrado com o clube celeste. No entanto, o transfer ban, que impede o Cruzeiro de registrar jogadores é o grande entrave para que a assinatura do vínculo seja realizada.

O interesse do clube no jogador foi divulgado, inicialmente, pela Rádio Itatiaia e confirmado pelo UOL ESPORTE. Entre Maicon e Cruzeiro já existe o acerto verbal. O pagamento da dívida é que definirá o avanço ou o recuo na negociação entre as partes.

Ao mesmo tempo em que o Cruzeiro já está em processo para se transformar em SAF (Sociedade Anônima do Futebol), a diretoria celeste trabalha em busca de recursos para viabilizar os primeiros meses de 2021, até a eventual entrada dos possíveis investidores. É com esse dinheiro, que o clube espera levantar com empresários cruzeirenses, que as dívidas com Defensor, do Uruguai, e Mazatlán, do México, seriam quitadas, deixando a Raposa livre para registrar contratos novamente.

Em entrevista ao programa "Os Donos da Bola", de Minas Gerais, nessa terça-feira (23), Vanderlei Luxemburgo informou que o Cruzeiro já tinha alguns atletas apalavrados com o clube.

"Vamos aproveitar muito bem a base do Cruzeiro e alguns jogadores que percebi que podem ser contratados pelo Cruzeiro nesta Segunda Divisão. Mas vai ser cascudo. Inclusive, já tem jogador acertado com a gente, mas não podemos falar. Não quer dizer que o transfer ban já tenha sido pago, mas tem jogador comprometido com a gente", disse na ocasião.

Campeão da Copa São Paulo de 2007 pelo Cruzeiro, Maicon fez apenas um jogo na equipe principal da Raposa. O jogador estava no Al-Nassr, da Arábaia Saudita, e não joga desde maio deste ano. O atleta tem passagens ainda por Cabofriense, Nacional-POR, Porto, São Paulo e Galatassaray.

Futebol