PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Diego Costa e Hulk disputarão 1ª final de Copa do Brasil das carreiras

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

27/10/2021 23h47

Classificação e Jogos

Campeão em 2014, o Atlético-MG novamente brigará pelo caneco da Copa do Brasil. Após golear o Fortaleza em Belo Horizonte, por 4 a 0, o time comandado por Cuca voltou a vencer, desta vez no Castelão (por 2 a 1), e, com gols de Diego Costa e Hulk, se credenciou para enfrentar o Athletico-PR na finalíssima marcada para 12 e 15 de dezembro.

Curiosamente, esta será a primeira vez que os camisas 19 e 7 decidirão o torneio nacional, mesmo sendo trintões e ídolos no futebol: com carreira consolidada em solo europeu, Diego Costa jamais havia defendido uma equipe profissional no país. Hulk, por sua vez, deixou o Vitória-BA em 2005 e, após passagens por clubes do Velho Continente e da Ásia, só retornou ao Brasil no início da temporada, quando bateu martelo para defender o Galo.

Artilheiro do alvinegro na temporada, com 26 gols marcados, o paraíbano de 35 anos anotou o sexto na Copa do Brasil e se isolou no topo como goleador máximo da atual edição. O sergipano, de 33, fez o quarto pelo time mineiro, em nove partidas disputadas.

"Importante você estar em jogos decisivos e poder contribuir de alguma maneira, tanto com o gol, jogando bem ou ajudando o time a conquistar o objetivo, que é chegar na final. Muito feliz, e espero que possa seguir crescendo no decorrer dos jogos. Que Deus abençõe que eu não tenha nenhuma lesão", disse Costa à Globo.

Bolada garantida

Com a classificação para a final da Copa do Brasil, o Atlético-MG garantiu, no mínimo, R$ 23 milhões. Esta é a premiação dada ao vice-campeão. Caso fique com o caneco, o time mineiro levará cerca de R$ 56 milhões.

Atlético-MG