PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Cebolinha faz contra, Bayern se impõe e goleia Benfica de Jorge Jesus

Leroy Sané comemora golaço de falta contra o Benfica pela Liga dos Campeões - REUTERS
Leroy Sané comemora golaço de falta contra o Benfica pela Liga dos Campeões Imagem: REUTERS

Do UOL, em São Paulo

20/10/2021 17h54

Classificação e Jogos

O Bayern de Munique venceu o Benfica por 4 a 0 hoje. Em jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Leroy Sané jogou um balde de água fria nos torcedores presentes no Estádio da Luz, em Portugal. Com uma cobrança de falta espetacular, o camisa 10 fez o primeiro gol da partida.

Depois disso, Everton Cebolinha marcou contra e abriu a porteira para os bávaros, que aproveitaram o momento e transformaram o placar tímido em uma verdadeira goleada. Lewandowski e Sané fecharam a conta e completaram o resultado irreversível em solos portugueses.

Com isso, o Bayern conquista três pontos importantes, chega aos nove e se isola na liderança do grupo E. Mesmo com a derrota, o Benfica ainda é o segundo colocado com quatro pontos, um a mais do que o Barcelona.

O Bayern de Munique volta aos gramados pela Champions contra o próprio Benfica no dia 02 de novembro. Só que, desta vez, a partida acontecerá em solos bávaros. Antes disso, os comandados de Julian Nagelsmann disputam Campeonato Alemão e Copa da Alemanha. Já o Benfica jogará o Campeonato Português e a Taça da Liga.

'La Mano de Lewa'

O primeiro tempo foi muito intenso entre ambas as equipes. O Benfica suportou a pressão imposta pelos visitantes e 'soube sofrer'. Além disso, também conseguiu levar perigo para o gol de Neuer, que precisou trabalhar aos 32 minutos com uma bela defesa.

Aos 42, Lewandowski aproveitou um cruzamento de Coman e balançou as redes de Vlachodimos. Mas, o gol foi anulado após revisão do VAR por infração do polonês. Ele usou o braço para concluir a jogada.

VAR em ação

Impondo o ritmo de jogo, o Bayern começou o segundo tempo martelando o setor defensivo do Benfica. Com seis minutos, Muller abriu o placar. Mas, o gol também foi invalidado após análise do VAR. No começo da jogada, Coman estava em posição irregular.

A resposta veio minutos depois quando Diogo Gonçalves fez Neuer 'voar' em solos portugueses para evitar que os donos da casa saíssem na frente.

Que golaço!

Mesmo com um segundo tempo equilibrado, o Bayern mostrou 'algo a mais' aos 24 minutos do segundo tempo. Leroy Sané acertou uma cobrança espetacular de falta e abriu o placar no Estádio da Luz.

Abriu a porteira...

O Bayern ampliou o placar aos 34 do segundo tempo. Everton Cebolinha, que entrou aos 30 minutos tentou anular uma jogada ofensiva dos visitantes e acabou cabeceando para dentro do gol de Vlachodimos.

Com 36, Lewandowski aproveitou um belo passe de Sané para marcar o terceiro e deixar o placar em uma situação bem confortável para os bávaros. Autor do primeiro gol, Sané também fechou a conta e garantiu a goleada.