PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Thiago Silva defende Neymar e diz que pressão sobre atleta 'parece pessoal'

Thiago Silva durante a entrevista coletiva de hoje (12) da seleção brasileira, em Manaus - Reprodução/CBF TV
Thiago Silva durante a entrevista coletiva de hoje (12) da seleção brasileira, em Manaus Imagem: Reprodução/CBF TV

Gabriel Carneiro e Igor Siqueira

Do UOL, em Manaus e Rio de Janeiro

12/10/2021 15h10

Classificação e Jogos

Depois de demonstrar apoio a Neymar nas redes sociais, o zagueiro Thiago Silva falou novamente sobre o companheiro em entrevista coletiva concedida hoje (12), em Manaus. O camisa 10 da seleção brasileira entrou no foco das atenções ao dizer que a Copa do Mundo de 2022 pode ser a última de sua carreira por questões psicológicas.

"É uma situação bem difícil. Embora a gente saiba que a gente [seleção brasileira] sofre pressão de todos os lados, é uma pressão diferente, parece direcionada, pessoal. Se tem deixado de lado o que ele [Neymar] vem fazendo dentro de campo e focando em outras coisas que não são interessantes", disse Thiago Silva.

O zagueiro de 37 anos também cobrou coerência em relação ao que se diz sobre Neymar na mídia. "Independentemente do jogador, acho que a gente tem que ter um pouco mais de tranquilidade na análise da situação. Por vezes se fala e depois se arrepende. A gente quando erra dentro de campo sofre gols, críticas e pressão. Mas quando uma pessoa fala determinada coisa, ela vai, pede desculpa e age como se não tivesse acontecido. É um pouco mais de coerência, a gente sabe da nossa pressão e da nossa responsabilidade", disse Thiago Silva, que completou dizendo que Neymar entende que não vive a melhor fase técnica de sua carreira:

Claro que ele se cobra muito, A gente sabe também que tem que fazer melhor, jogar melhor, ter um entrosamento melhor. Ele sabe que não fez um jogo de Neymar, ele tem essa autocrítica. Mas a cobrança não é de acordo com o que faz dentro de campo e sim fora dele. Fica uma cobrança muito forte de coisas que não têm nada a ver."

Thiago Silva - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Thiago Silva demonstra apoio a Neymar em postagem ontem nos Stories
Imagem: Reprodução/Instagram

Além das declarações, outro tema colocou Neymar no centro do debates nos últimos dias. Um áudio vazado durante o empate entre Brasil e Colômbia, domingo, no qual supostamente Galvão Bueno chama Neymar de "idiota" na transmissão da Globo viralizou nas redes sociais e gerou discussão. A família de Neymar reagiu em sua defesa, mas Thiago Silva não mencionou diretamente o caso. O zagueiro refletiu sobre os momentos em cem jogos pela seleção em que se sentiu como Neymar.

"Eu passei por momentos semelhantes aqui dentro, principalmente depois da Copa de 2014. Fui tachado como chorão, como fraco, como psicologicamente muito fraco. Coisa que vai te machucando e que você sabe que você não é. Espero que ele [Neymar] não perca essa alegria, continue da forma que ele é. É superespecial. E quando está alegre ele desempenha sempre o que desempenhou: jogar bem, vencer jogos, dar passe para gol. Quanto mais ele tiver contente, melhor para nossa seleção."

Seleção Brasileira