PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coudet e Crespo entram na mira do Racing, que 'seca' São Paulo por multa

Técnico Hernán Crespo durante empate sem gols entre São Paulo e Atlético-MG, pela 22ª rodada do Brasileirão - Marcello Zambrana/Marcello Zambrana/AGIF
Técnico Hernán Crespo durante empate sem gols entre São Paulo e Atlético-MG, pela 22ª rodada do Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/Marcello Zambrana/AGIF

Eder Traskini e Tales Torraga

Do UOL, em Santos e São Paulo

06/10/2021 11h26

Os técnicos Hernán Crespo, do São Paulo, e Eduardo Coudet, do Celta de Vigo (ESP), se tornaram o sonho de consumo do Racing (ARG). O clube de Avellaneda acompanha de perto os resultados dos dois técnicos e 'seca' o São Paulo, já que não tem condições de pagar a multa rescisória de Crespo.

O trabalho do atual técnico do Tricolor paulista é observado desde a eliminação do Racing nas oitavas de final da Copa Libertadores, justamente para o São Paulo. Atualmente, o clube argentino é comandado de forma interina por Cláudio Úbeda.

O retorno de Eduardo Coudet, que não faz boa temporada na Espanha, é visto como primeira opção caso os dois técnicos argentinos estejam disponíveis. Coudet passou pelo clube entre 2018 e 2020, conquistou o campeonato argentino e tem boa relação com a atual diretoria.

No entanto, como sabe que não tem condições para pagar um valor e tirar um dos técnicos de seus clubes, o Racing opta por esperar para ver quem irá ficar livre no futuro próximo e, pressionado para definir seu novo comandante, deve escolher aquele que estiver à disposição primeiro. O ex-volante Javier Mascherano corre por fora pela vaga de treinador.

Crespo segue atento a noticiário argentino

O técnico são-paulino continua acompanhando a imprensa argentina. Ontem (5), Crespo mandou mensagem para o canal ESPN que estava ao vivo entrevistando Beto Alonso, ídolo do River Plate. O ex-meia contou que o ex-centroavante Hernán Crespo quase foi embora de graça do River Plate, mas que ele evitou que isso acontecesse. Crespo, então, mandou mensagem confirmando a história e agradecendo Alonso pelo fato.

Futebol