PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodrigues: "Mesmo jogando bem, São Paulo tem a fase do apagão"

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

Eliminado da Copa do Brasil pelo Fortaleza, o São Paulo tem apenas a disputa do Brasileirão pela frente. Neste domingo, o Tricolor ganhou por 2 a 1 do Atlético-GO no Morumbi, pela 21ª rodada da competição, e se afastou um pouco da zona de rebaixamento. Apesar da vitória, o time apresentou um problema que deixa os torcedores preocupados: o "apagão".

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Menon, Maria Victoria Poli e Rodolfo Rodrigues - os comentaristas falaram sobre como o São Paulo consegue se complicar mesmo quando tem o controle da partida nas mãos. Foi o caso do jogo de ida contra o Fortaleza pela Copa do Brasil, quando o Tricolor abriu uma vantagem de 2 a 0 e permitiu o empate, e quase se repetiu diante do Atlético-GO.

Rodrigues achou que, na partida contra o clube goiano, Crespo trabalhou bem para estancar a queda de produção da equipe. "O São Paulo, mesmo jogando bem, parece ter aquela fase do 'apagão'. Tomou o gol e começou a levar uma certa pressão em um momento que dá uma desestabilizada no time. O jogo estava na mão e o São Paulo se complicou um pouco. O Crespo agiu rápido: colocou o Gabriel Neves e fechou com o Bruno Alves. Ali, conseguiu dar uma segurada no jogo e fez o que precisava", analisou.

Menon também acha que o Tricolor precisa manter o nível de atenção durante toda a partida. "O que não pode é estar ganhando de 2 a 0 e levar um gol de cobrança de lateral. Esse gol que o São Paulo levou é para o treinador pegar todos os envolvidos e falar que isso não pode acontecer. Foi um erro total e colocou o Atlético-GO de novo como um competidor no jogo. É um tipo de erro que não pode voltar a acontecer se o São Paulo quiser ir para frente", destacou.

Mavi também gostou da atuação de Rodrigo Nestor e o vê em evolução. "Ele começou como volante, mas tem feito mais esse papel de um meia mais construtor. Está rendendo bem nessa posição e a evolução dele é clara. Acho que o Nestor ainda precisa melhorar a finalização. Ele está se desenvolvendo e será muito importante para o São Paulo", comentou.

De positivo, Menon apontou dois nomes. "Gostei do Gabriel Neves, que jogou meia hora. O São Paulo tentou segurar o Atlético-GO no campo deles, trocando passes no fim do jogo, e ele foi importante nessa estratégia, marcando bem. Os dois gols foram em passes do Rodrigo Nestor, que está se firmando como um jogador mais avançado. Foi uma coisa boa", elogiou.

Para Rodrigues, o São Paulo tem boas chances de se recuperar no Brasileirão e, quem sabe, até brigar por uma vaga no G-8 e uma possível vaga para a próxima Libertadores. "Pensando que o time só vai jogar o Brasileirão e praticamente tem a volta de todos os jogadores, agora o São Paulo tem como engatar no campeonato. Está tudo muito embolado para encostar no G-4", disse o colunista, que fez apenas uma ressalva sobre a lateral-direita. "O Igor Vinícius é um jogador que não agrada. O Crespo colocou de novo o Galeano improvisado. Ele foi bem no segundo tempo, mas não sei se é o ideal para aquela posição", finalizou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol