PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Decreto libera volta do público aos estádios no Rio Grande do Sul

Estádios de Grêmio e Inter dependem de aval da CBF para volta de torcedores - Divulgação/GFBPA
Estádios de Grêmio e Inter dependem de aval da CBF para volta de torcedores Imagem: Divulgação/GFBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

03/09/2021 21h06

O Decreto 56.071, publicado hoje (3), liberou a volta do público em eventos esportivos no Rio Grande do Sul. O regresso precisa respeitar uma série de protocolos sanitários definidos pelo Governo.

Os estádios poderão receber 40% da capacidade de cada setor, não ultrapassando a marca de 2.500 torcedores por evento. Inter e Grêmio já começaram a se movimentar prevendo a volta do público ao Beira-Rio e à Arena. Os clubes ainda devem promover o respeito a orientações de distanciamento entre os torcedores, uso de máscara e demais ações para evitar contágio de covid-19.

A liberação vale a partir deste sábado (4). O público precisará ficar obrigatoriamente sentado e manter distanciamento mínimo de 1 metro durante a competição, ou mesmo em entrada e saída do evento.

É indicada venda de ingressos de forma presencial no dia dos eventos para evitar aglomerações, dando preferência por comércio eletrônico.

"A abertura dos estádios vem com a tranquilidade de que observarmos redução das internações, dos casos e das hospitalizações e de que estamos avançando em ritmo acelerado na vacinação de toda a população. Por isso, estamos abrindo, com limite por setor e teto geral por local de competição num primeiro momento. Esperamos poder chegar à conclusão da aplicação da segunda dose para pessoas acima de 18 anos ainda em outubro, se for confirmado o cronograma de envio do Ministério da Saúde, e aí poderemos avançar para mais liberações com segurança", destacou o governador Eduardo Leite.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, ontem (2), sancionou o projeto de lei 35/21 que autoriza a presença de público em eventos esportivos na cidade. O ato da prefeitura prega que se respeite as orientações estaduais.

"Está lei vem para reforçar a nossa política de reabertura das atividades com equilíbrio na saúde. Estamos imunizando em massa e acreditamos muito na vacina para retomar os eventos, que fazem parte da cidade", disse Melo.

A dupla Gre-Nal, no entanto, ainda não está autorizada a receber público em suas partidas. A liberação da presença de torcedores precisa ser dada pela CBF, que pretende agir apenas quando todos os clubes estiverem aptos receber aficionados em seus jogos.

Futebol