PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Londrina posta vídeo que mostra grito de 'macaco' em jogo contra o Brusque

Celsinho, meia do Londrina, foi vítima de racismo em jogo contra o Brusque - Reprodução/Instagram
Celsinho, meia do Londrina, foi vítima de racismo em jogo contra o Brusque Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

31/08/2021 20h58

O Londrina divulgou na noite de hoje um vídeo em que é possível ouvir um grito de "macaco" durante o jogo contra o Brusque, no último domingo, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O meia Celsinho denunciou caso de racismo no confronto.

A publicação de Londrina foi feita em resposta ao Brusque, que inicialmente negou as acusações e acusou Celsinho de "oportunismo". Posteriormente, o clube admitiu o erro e se desculpou com o jogador em novo comunicado.

"Em resposta à nota oficial do Brusque, a qual indica como oportunista a vítima Celso Luis Honorato, no ato por ele sofrido de racismo e ainda, em meio as inverdades proferidas sobre o caso, o Londrina vem a público expor o vídeo em que, no áudio ao fundo, se escuta, de maneira clara e indubitável, vindo da arquibancada, o xingamento de 'macaco', conforme relatado pelo meia", escreveu o Londrina nas redes sociais.

Na súmula, o árbitro Fábio Augusto Santos Sá Junior registrou que um membro da delegação do time catarinense disse para Celsinho "cortar esse cabelo, seu cachopa de abelha". Vale ressaltar que comentários a respeito do cabelo crespo de pessoas negras são considerados como injúria racial.

Nesta terça-feira, o Brusque teve um patrocínio suspenso por conta do episódio.

Veja o texto publicado pelo Londrina na íntegra:

Em resposta a nota oficial do Brusque Futebol Clube, a qual indica como oportunista a vítima Celso Luis Honorato, no ato por ele sofrido de racismo e ainda, em meio as inverdades proferidas sobre o caso, o Londrina Esporte Clube, vem a público expor o vídeo em que no áudio ao fundo, se escuta, de maneira clara e indubitável, vindo da arquibancada o xingamento de "macaco", conforme relatado pelo meia.

Repisa-se que o Londrina e o atleta já estão adotando todas as medidas cabíveis para a punição dos responsáveis, inclusive, na esfera desportiva, onde será levado a conhecimento da Procuradoria do STJD por meio de uma notícia de infração todas as provas colhidas a fim de que haja severa punição a estes covardes infratores.

RACISMO NÃO! Essa luta é nossa!

RACISMO NÃO! Nunca nos calaremos!

Futebol