PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio prevê "time completo" em até 20 dias. Veja quem está fora

Douglas Costa é um dos nove jogadores ausentes nos jogos mais recentes do Grêmio - Lucas Uebel/Grêmio
Douglas Costa é um dos nove jogadores ausentes nos jogos mais recentes do Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/07/2021 04h00

O Grêmio estima que em até 20 dias vai ter uma espécie de "novo time" para jogar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, em caso de confirmação da vaga nas quartas de final após duelo com o Vitória. A projeção se baseia na possibilidade de reforços, mas principalmente em nomes do elenco que atualmente estão no departamento médico. A relação ainda conta com o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Neste momento, Felipão não pode usar nove jogadores do elenco principal que começou a temporada. Além deles, o treinador espera contar com pelo menos dois reforços.

"A gente tem que dar um tempo, dar uma tranquilidade a esse grupo. Temos no mínimo uns 10, 12 meninos. Tem gente assim? Um pouco de calma. O torcedor está ansioso, triste com o desempenho, mas a gente tem que ter um pouco de calma. Daqui uns 10, 15 dias vamos ter 95% do grupo em condições, disse Luiz Felipe Scolari após o jogo com o Vitória.

O UOL Esporte detalha a situação dos desfalques atuais do Grêmio: a relação de baixas tem Brenno, Rafinha, Kannemann, Thiago Santos, Matheus Henrique, Douglas Costa, Ferreira, Diego Souza e Diego Churín.

Brenno e Matheus Henrique estão com a seleção brasileira olímpica. O volante tem negociação em andamento com o Sassuolo, da Itália, e pode nem voltar ao Brasil. O goleiro é aguardado, no máximo, ao final da segunda semana de agosto.

Rafinha tem lesão de grau um (o estágio mais leve dentro de escala que vai até três) no músculo adutor da coxa direita. A estimativa é que ele possa voltar a atuar em no máximo uma semana. O ex-jogador de Flamengo e Olympiacos-GRE deve seguir como reserva de Vanderson, mas pode ser testado na lateral esquerda nas próximas partidas.

Walter Kannemann faz tratamento após levar pancada no jogo contra a LDU, do Equador, pela Copa Sul-Americana. A volta dele é considerada a mais próxima de ocorrer, por não se tratar de problema muscular ou trauma.

Thiago Santos segue em tratamento após lesão na coxa. Oficialmente o Grêmio não estima mais prazo de recuperação para os jogadores, mas a ideia é que o volante retorne diante do São Paulo, em 15 de agosto, no Morumbi.

Diego Souza teve diagnosticada lesão, mas o Grêmio não deu detalhes do caso e nem previsão de retorno. Diego Churín, por outro lado, faz trabalho de recuperação após fibrose.

Ferreira, vice-artilheiro do Grêmio na temporada, deve ser liberado para treinar com bola na próxima semana. O camisa 11 teve lesão parcial no joelho, mas não encarou cirurgia. A ideia é que ele possa ser testado antes do jogo contra o São Paulo.

O Grêmio volta a campo contra o Red Bull Bragantino, no sábado (31), fora de casa. Pedro Geromel, suplente contra o Vitória, tem chances de atuar em Bragança Paulista.

Futebol