PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fluminense fica à espera de Caio Paulista para decisões de mata-mata

Caio Paulista é um dos destaques do Fluminense na temporada 2021 - Sergio Moraes-Pool/Getty Images
Caio Paulista é um dos destaques do Fluminense na temporada 2021 Imagem: Sergio Moraes-Pool/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/07/2021 04h00

A expectativa em torno da recuperação de Caio Paulista é o que vai marcar o início de semana do Fluminense. O atacante sofreu uma lesão muscular na derrota para o Palmeiras, no sábado passado (24), e não tem escalação confirmada para uma série de decisões em formato de mata-mata.

A preocupação do técnico Roger Machado é justificada pelo desempenho do atacante de 23 anos de idade. Se na temporada passada ele foi alvo de críticas por parte dos torcedores, em 2021 ganhou a titularidade durante o Campeonato Brasileiro e não mais largou.

Mas desde meados de junho, no empate com o Fortaleza no Castelão, Caio Paulista vem sendo um frequentador do departamento médico. Por causa de uma lesão muscular, ele só ficou à disposição em quatro das últimas nove partidas, justamente um momento de altos e baixos do Tricolor. Nos cinco jogos em que ficou fora, o Tricolor perdeu três vezes.

Nas últimas semanas ele foi poupado por causa das partidas da Libertadores, mas foi escalado diante do Palmeiras e deixou o campo no início do segundo tempo. "O que nos preocupa é par a sequência. É uma perda que nós sentimos porque nosso grupo não é extenso com jogadores com essas características", explicou Roger depois da partida contra o Palmeiras.

O primeiro compromisso decisivo do Fluminense será nesta terça (27), contra o Criciúma, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no estádio Heriberto Hulse. A volta está marcada para o sábado (31), no Maracanã. Após o desfecho desse duelo, o Tricolor recebe o Cerro Porteño pela volta das oitavas da Libertadores, no dia 3, no Maracanã. Na ida, o Flu ganhou por 2 a 0.

Caio Paulista tem quatro gols e cinco assistências nesta temporada em 24 partidas. Quando entrou como titular, o Fluminense ganhou dez vezes, empatou cinco e perdeu duas, o que representa um aproveitamento de 68,7%. Antes do jogo contra o Palmeiras, ele havia atuado diante do Cerro Porteño, sendo dele as assistências para os dois gols tricolores.

Má fase no ataque

A expectativa em torno da recuperação aumenta de acordo com a má fase dos atacantes do Fluminense. Fred, por exemplo, só marcou um gol em suas últimas nove apresentações. Antes disso, ele vinha com um desempenho incrível, com 11 gols marcados em 14 partidas. Já Abel Hernández marcou pela última vez no dia 13 de junho.

O desempenho do setor ofensivo também não vem sendo nada agradável. Nas últimas nove partidas, o Fluminense marcou apenas sete gols. Em quatro desse jogos, o Tricolor passou em branco. O artilheiro desse período é o reserva Lucca, com dois tentos. Cazares, Nenê, Egídio, Fred e André completam a relação.

Preocupado com a situação de Caio Paulista, Roger já pediu a reintegração do atacante Martins ao elenco. No entanto, caso Caio Paulista não possa atuar, Luiz Henrique e Cazares são os principais candidatos à vaga.

Outro jogador reintegrado para a viagem a Santa Catarina é Luccas Claro. O zagueiro não participou do jogo contra o Palmeiras por causa de uma lesão muscular. Para evitar que a situação se agravasse, ele foi preservado para estar disponível na Copa do Brasil. Como Nino está servindo a seleção brasileira olímpica, ele deve ter Manoel como parceiro na defesa.

Futebol