PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mané doa R$ 3 milhões para construção de hospital no Senegal

Sadio Mané ao lado do presidente do Senegal, Macky Sall - Divulgação
Sadio Mané ao lado do presidente do Senegal, Macky Sall Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2021 11h25

Sadio Mané já é conhecido por seus gestos de solidariedade. Desta vez, o jogador do Liverpool se reuniu com o presidente do Senegal, Macky Sall, e doou 500 mil euros (R$ 2,9 milhões, na cotação de hoje) para a construção de um hospital em Bambali, cidade onde cresceu e que fica a 400 km de Dacar - a capital do país.

Durante o encontro com o presidente senegalês, os dois falaram sobre o projeto, que também conta com maternidade e consultórios odontológicos.

"O atacante do Liverpool apresentou ao chefe de estado um plano ambicioso para construir um hospital em Bambali e tem apoio estadual para o pessoal médico", escreveram eles a partir da conta presidencial no Twitter.

Há alguns anos, Mané havia confessado algumas das dificuldades vividas em Bambali: "Como não havia hospital em Bambali, levaram meu pai a uma cidade próxima para ver se podiam salvá-lo quando ele adoeceu, mas não tiveram sucesso e ele morreu com isso. Lembro-me também que minha irmã nasceu em casa porque não havia hospital na nossa cidade, é uma situação muito triste para todos, mas não vai acontecer de novo."

Outras doações de Sadio Mané

Em 2018, Mané distribuiu cerca de 300 camisetas do Liverpool para seus conterrâneos usarem durante a final da Liga dos Campeões. Em 2019, ele também havia contribuído para a melhoria das instalações da cidade; doou 300 mil euros (R$ 1,7 milhão, na cotação de hoje) para a construção de uma escola.

Futebol